23 de outubro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais

Acesso Rápido 2 – Faixa azul da página inicial

Administração de Ceilândia realiza ações de combate a enchentes

 

 Mais de 4 mil bocas de lobo foram limpas desde janeiro na região. Em cinco dias de operação, cerca de 180 toneladas de material inservível também foram retiradas da cidade.

 

Mesmo antes de começar o período das chuvas, a Administração Regional de Ceilândia, em parceria com a Novacap e o GDF Presente, tem realizado diversas operações para combater as enchentes na região. Equipes atuam diariamente na limpeza de terrenos públicos e bocas de lobo. Desde janeiro cerca de 4 mil bocas de lobo já foram limpas na maior cidade do Distrito Federal.

Nos bueiros são retirados todo tipo de material como entulho, madeiras, eletrodomésticos, pneus e embalagens plásticas. A administração de Ceilândia ressalta o que mais afeta e compromete a captação e escoamento das águas das chuvas é o descarte irregular do lixo, já que a cidade possui uma das maiores redes de águas pluviais do DF. Assim sendo, ela pede que a população não jogue lixo em via pública.

Operação limpeza

Em cinco dias de operação – 19 a 23 de outubro-, foram retiradas da cidade cerca de 180 toneladas de material inservível.   Equipes atuaram na limpeza de áreas públicas e poda de árvores na QNM 15 e 19/21, em Ceilândia Sul, QNM 12,16 e 22, em Ceilândia Norte, na remoção de entulho na QNP 1/5 P Norte, QNP 16, 22/26 P Sul, poda de árvore na QNO 18/19 – Escola Classe 56- Expansão Setor O.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, explica que com o começo do período chuvoso, equipes estão atuando em diversas frentes para atender todas as demandas e dar as respostas aos cidadãos com mais celeridade.

“ Começamos um trabalho preventivo há meses antes das chuvas! As ações no decorrer do ano são essenciais para que, no período das chuvas mais intensas, os transtornos sejam menores. Intensificamos as operações que envolvem limpeza de bocas de lobo, manutenção preventiva da rede pluvial, poda ou erradicação de árvores sob risco de tombamento, remoção de lixo e materiais de construção e resíduos de obras deixados indevidamente nas vias públicas”, ressalta Marcelo Piauí. 

Ceilândia é contemplada com mutirão de limpeza

 

 Cerca de 42 toneladas de lixo e entulho foram retiradas da cidade.  A ação da Administração Regional visa combater focos do mosquito da dengue e animais peçonhentos

 

A Administração Regional de Ceilândia informa que juntamente com a Novacap e o GDF Presente está atuando com mutirão de limpeza na cidade. Nesta quarta-feira (30), foram realizadas diversas ações como limpeza de áreas públicas, a desobstrução de bocas de lobo, poda de árvores e a operação Buraco Zero.

A Administração de Ceilândia intensificou a limpeza de áreas públicas com a finalidade de combater possíveis focos do mosquito da dengue, além de minimizar o aparecimento de insetos, escorpiões e roedores transmissores de doenças. Somente hoje cerca de 42 toneladas de lixo e entulho foram retiradas da cidade.  

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, ressalta que os serviços de limpeza e manutenção da cidade estão sendo intensificados, mas pede a colaboração da comunidade, para juntos, termos uma cidade mais limpa, organizada e segura. “Estamos garantindo ao ceilandense mais qualidade de vida e bem-estar. Pedimos que a população tenha a consciência de não descartar lixo em terrenos baldios ou em vias públicas. A conscientização é a melhor forma de evitar a proliferação do mosquito da dengue e outros insetos peçonhentos”, enfatiza Marcelo Piauí.

 

Confira o que foi realizado:

Remoção de entulho na Via O5, Expansão Setor O;

Remoção de entulho na EQNO 16/17 Expansão do Setor o;

Remoção de entulho na EQNO 17/18 Expansão do Setor O;

Remoção de entulho na EQNO 18/19 Expansão do Setor O;

Recuperação asfáltica na lateral da QNP 18 P Sul;

Remoção de entulho em frente à escola 34 na QNO 19 Expansão do Setor O;  

Total de entulho recolhido 42 toneladas

Recuperação asfáltica Buraco Zero na EQNN 8/10, em Ceilândia Sul;

Recuperação asfáltica Buraco Zero na EQNN 21/23, em Ceilândia Norte;

Recuperação de estrada vicinal no núcleo rural Boa Esperança;

Poda de árvore na Avenida Elmo Serejo na altura da – QNP 34 –  P Sul. 

 

Operação Tapa Buraco é realizada, em Ceilândia

 

Mais de 13 toneladas de massa asfáltica foram usadas na manutenção de ruas e avenidas. Equipes da Administração também realizaram serviços de limpeza de áreas públicas e recuperação de boca de lobo

 
 
A maior região do Distrito Federal é contemplada com mutirão de melhoria na infraestrutura. Ruas e avenidas de Ceilândia receberam, nesta segunda-feira (31), serviços da operação tapa-buracos, retirada de lixo e entulho de áreas públicas, além de desobstrução de boca de lobo, recuperação de estrada rural e manutenção de calçadas. 

A quadra na QNN 04, em Ceilândia Norte, foi contemplada com a recuperação asfáltica, a operação irá continuar nos próximos dias. A operação além de atender ruas e avenidas segue a seguinte ordem: vias principais e secundárias. Além disso, a ação conta com equipes de trabalhadores da Administração, da Novacap e terceirizadas que atuam em diversas frentes da região, além de dois caminhões com capacidade de armazenar, cada um, de 10 a 15 toneladas de massa asfáltica, e máquinas, como um rolo compressor.

Segundo o administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, o mutirão na região é para dar mais celeridade e respostas mais rápidas às demandas da comunidade, além de manter as melhorias na infraestrutura da cidade. “Estamos cuidando da nossa Ceilândia! Os serviços são diários e atende as mais diversas áreas tanto urbana como rural. Nossa meta é melhorar trechos comprometidos do asfalto, dando condições de tráfego para motoristas e pedestres”, frisa Marcelo Piauí.

 

Confira o que foi realizado:

 

Remoção de entulho na EQNP 14/18 e 22/26, P Sul; 

Remoção de entulhos na EQNM 19/21, Ceilândia Sul;

 Reparos na calçada da QNN 17/AV,  Hélio Prates;

Manutenção asfáltica Qnn 04, em Ceilândia; 

Limpeza e recuperação de boca de lobo no estacionamento da Via P3/QNP 3O, P Sul;

Recuperação de estrada vicinal no núcleo Rural Lajes da Jiboia.

 

Administração de Ceilândia realizou diversas benfeitorias nesta semana na região

 

Dentre as diversas ações realizadas estiveram operação tapa-buracos, retirada de entulho em áreas públicas, colocação de novas tampas e desobstrução de bocas de lobo, implantação de meios-fios, poda de árvores entre outros serviços

 

Ceilândia a maior cidade do DF diariamente recebe mutirões de serviços em diversas áreas, principalmente na realização de operações que visam a melhoria na infraestrutura da cidade. Na última semana, equipes da Administração local realizaram operação tapa-buracos, retirada de entulho em áreas públicas, colocação de novas tampas e desobstrução de bocas de lobo, implantação de meios-fios e lombadas, poda de árvores, recuperação de estradas rurais entre outros serviços.

As benfeitorias além de contribuir para a qualidade de vida do cidadão ceilandense, também atende às diversas demandas da comunidade como, por exemplo, a implantação do novo estacionamento na QNP 30, e de lombadas na Área de Desenvolvimento Econômico de Ceilândia (AED).

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, diz que equipes têm trabalhado fortemente em várias frentes na realização de trabalhos de recapeamento, infraestrutura e saneamento básico. “ Ceilândia não para! Todos os dias estamos nas ruas com equipes que realizam diversas operações na melhoria da cidade, desde limpeza de terrenos públicos à poda de árvores. Os serviços de manutenção em Ceilândia são constantes e permanentes para desenvolver e melhorar nossa infraestrutura”, ressalta Marcelo Piauí.   

Outro importante serviço que vem sendo executado é a poda de árvores, limpeza e desobstrução de bocas de lobo e canaletas de concreto em as avenidas da região. A operação visa melhorar o escoamento das águas pluviais até as galerias e bocas de lobo existentes, evitando os alagamentos no período chuvoso.

Também é realizada diariamente em diversos pontos da cidade a operação Buraco Zero. O serviço de manutenção asfáltica conta com equipes próprias da Administração e da Novacap. Nesta semana, o serviço foi realizado nas quadras QNP 28, 30, no P Sul, na QNN 04, em Ceilândia Norte e no Condomínio Privê. Só neste período mais de 60 toneladas de massa asfáltica já foram usadas na manutenção de ruas e avenidas da região.

 

Confira o que foi realizado nesta semana de 24 a 28 de agosto:

 

Remoção de na EQNM 8/10, Ceilândia Norte;

Remoção de entulho, limpeza de beco na QNM 22;

 Limpeza e recuperação de boca de lobo na QNN 17;

Revitalização na entrada e saída do Condomínio Privê;

ReCuperação asfáltica na QNN 04, em Ceilândia Norte;

Recuperação asfáltica no Condomínio Privê;

Recuperação de estrada vicinal no núcleo Rural Lajes;

Recuperação de estrada vicinal no núcleo Rural Lajes da Jiboia;

Transporte de Adubo para os produtores de rurais de Ceilândia;

Implantação de meio-fio na ampliação do campo de areia na QNM 31, Área Especial Ceilândia Sul;

Obra de ampliação do campo de areia na QNM 31 Área Especial Ceilândia Sul;

Remoção de entulhos na EQNN 22/24 Ceilândia Sul;

Recuperação asfáltica na QNP 28 e 30;

Limpeza do estacionamento na Via P3/ QNP 30 P Sul;

Reparo em calçada na VIA P3/QNP 30 Setor P-SUL;

Recolhimento de galhos na VIA P3 Setor P-SUL;

Implantação de meio-fio na Via P3/QNP 30;

Limpeza e revitalização de parquinho no Condomínio Privê;

Recuperação asfáltica na QNN 04, Ceilândia Norte;

Transporte de adubo para os produtores rurais de Ceilândia;

Recuperação de estrada vicinal no núcleo Rural Lajes da Jiboia;

Revitalização de beco que antes era feito descarte de lixo na EQNP 8/12 P Sul.

 

Comunidade de Ceilândia foi contemplada com atendimento médico, na Praça dos Direitos

Novas consultas ocorrerão na próxima quinta-feira (27), a partir das 9h, no mesmo local

 

Nesta segunda-feira (24), cerca de 20 médicos voluntários atenderam à população, na Praça dos Direitos na QNN 13, em Ceilândia Norte. Os profissionais realizaram consultas aos cidadãos que apresentaram sintomas como gripes e problemas respiratórios como uma das formas de combate e prevenção da Covid-19. A iniciativa faz parte do programa da secretária de Justiça e Cidadania (Sejus) com o apoio da Administração Regional.

Para evitar a contaminação pelo novo coronavírus, foram adotados todos os protocolos recomendados pelas autoridades sanitárias. Entre as medidas de segurança estão: a testagem prévia dos servidores, a desinfecção do local, o uso de máscaras e álcool em gel 70% e o distanciamento social e a medição de temperatura.

Novos atendimentos à população ocorrerão na próxima quinta-feira (27), a partir das 10h, na Praça dos Direitos.

 Segundo a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani, o programa contribuirá com a qualidade de vida da população e na prevenção da Covid-19. “A nossa intenção é levar para as Regiões Administrativas os nossos serviços, dando toda a atenção e atendimento aos nossos idosos. Nesse momento tão difícil, temos que nos reinventar para estarmos próximos da nossa população, mas é claro: com toda a segurança” disse Passamani.

 

 

Sejus leva atendimento para idosos na Praça dos Direitos da Ceilândia

A Praça dos Direitos na QNN 13 da Ceilândia é a próxima parada do Programa Sua Vida Vale Muito Itinerante, realizado pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) para atender a população idosa. A partir da próxima quinta-feira, dia 27 de agosto, serão oferecidos no local, das 9h às 17h, atendimentos médico e psicossocial, orientação nutricional e terapia ocupacional às pessoas com mais de 60 anos. A Ceilândia é a primeira cidade a receber o serviço, que começou no último dia 21, no CEU das Artes, na QNR 02. Nesse espaço, o atendimento segue até sexta-feira (28). Além dos idosos, uma equipe de 20 médicos atenderá, na tarde desta segunda-feira (24/8), qualquer cidadão que apresentar sintomas como gripes e problemas respiratórios para prevenção da Covid-19.
 
Segundo a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani, o programa contribuirá com a qualidade de vida dos idosos e na prevenção da Covid-19. “A nossa intenção é levar para as Regiões Administrativas os nossos serviços, dando toda a atenção e atendimento aos nossos idosos. Nesse momento tão difícil, temos que nos reinventar para estarmos próximos da nossa população, mas é claro: com toda a segurança” disse Passamani.
 
Para evitar a contaminação pelo novo coronavírus, serão adotados todos os protocolos recomendados pelas autoridades sanitárias. Entre as medidas de segurança estão: a testagem prévia dos servidores, a desinfecção do local, o uso de máscaras e álcool em gel 70% e o distanciamento social.

Segunda fase
A ação itinerante é a segunda fase do Programa Sua Vida Vale Muito. A primeira foi a Hotelaria Solidária, que hospedou 300 idosos no Brasília Palace Hotel durante 90 dias, entre abril e julho. Nesse período, eles aprenderam a se proteger contra a Covid-19 e a importância de adquirir hábitos saudáveis no seu cotidiano.

Agora, além de acompanhá-los virtualmente por meio de grupos de WhatsApp, a Sejus pode oferecer em suas cidades serviços semelhantes aos que recebiam no hotel, contribuindo para volta à rotina desses idosos, que deixaram o hotel no dia 22 de julho.

   

Produtores rurais são contemplados com 300 toneladas de adubo por semana, em Ceilândia

 

A compostagem é entregue pela Administração de Regional que será utilizada no preparo do solo para o início do plantio de hortaliças, frutas e legumes na região

 

Produtores rurais e chacareiros de assentamentos de Ceilândia estão sendo contemplados com adubos para o preparo, correção e adubação do solo, para receber o plantio de hortaliças, frutas e legumes entre outros cultivos. A iniciativa tem como um dos objetivos incentivar e favorecer as boas práticas na produção agrícola da região, além de contar com o apoio da Emater (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do DF).

Cada família rural cadastrada, recebe até 30 toneladas de adubo, o que semanalmente corresponde a 300 toneladas por semana entregues pela Administração Regional. São utilizados diariamente dois caminhões com capacidade de transportar, cada um, 10 toneladas.  

O produtor rural José Antônio, de 61 anos, morador do Incra 09, diz que a parceria da Administração de Ceilândia em entregar o adubo na sua chácara, vai ajudar e muito a garantir a boa qualidade do solo para nova safra, já que ele não tem condições de arcar com os valores do transporte. “ Essa é a melhor época para iniciar o preparo do solo para receber as mudas e sementes para daqui alguns meses colhermos. E com a adubagem que recebemos o solo ficará mais fértil e em excelentes condições e nutrientes, o que pode garantir um crescimento favorável aos legumes, as folhas e demais cultivos”, conta com boas expectativas o produtor rural.

Para o Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, a zona rural da cidade precisa ser reconhecida por todos e que a ideia é contribuir para o desenvolvimento da região, colaborando para a proteção da área de mananciais e fortalecendo a cadeia de valor da agricultura e da alimentação juntamente em parceria com os produtores rurais e chacareiros de Ceilândia. “ A área rural de Ceilândia está entre as cinco maiores do Distrito Federal. No local, destaca-se a produção de verduras e hortaliças, além da criação de frango. Nosso intuito com a distribuição do adubo é ajudar o pequeno produtor rural a desenvolver e explorar cada vez mais o potencial da região”, ressalta Marcelo Piauí. 

Quadra esportiva é contemplada com revitalização, em Ceilândia

 

As benfeitorias foram realizadas por meio de parceria entre Administração Regional e a comunidade

 

A quadra de esporte localizada na QNM 23/25, em Ceilândia Sul, ganhará cara nova. Nesta sexta-feira (14), o espaço recebeu melhorias. A ação tem o objetivo de resgatar a importância do local junto à comunidade, já que é constantemente utilizado para a realização de torneios de futebol amador e ensaio de quadrilhas juninas. A iniciativa foi firmada entre a Administração de Ceilândia e a comunidade local.

A Administração de Ceilândia forneceu a mão de obra como os serviços de serralheria, manutenção do piso, recuperação de traves e alambrado, limpeza e roçagem do mato. Em contrapartida, os moradores da região ficaram responsáveis em fornecer tintas, pinceis e o trabalho voluntário e a realização da pintura.

Para o administrador regional de Ceilândia, Marcelo Piauí, a iniciativa entre o poder público e a comunidade é a saída para trazer melhorias para a cidade. “Espaços como estes que estão sendo revitalizado são muito importantes porque promovem a inclusão social e dão mais qualidade de vida à comunidade, além de incentivar a prática esportiva. São ambientes que estão sendo recuperados e devolvidos à comunidade e que depois da pandemia estarão em condições de receber toda à comunidade”, ressalta o administrador.

Para o voluntário Alexandre conhecido como Xandão, que há mais de 40 anos mora na cidade, a união entre população e a administração pode render mais espaços revitalizados para à população. “Quando as pessoas ajudam, seja na construção ou na reforma de algum espaço, elas tendem a cuidar melhor dele. Sabem que ali tem o trabalho delas e, às vezes, até alguma contribuição financeira para compra de material, então irão até fiscalizar para que outras pessoas não deteriorem esses locais.”

Administração de Ceilândia realiza mutirão de serviços na infraestrutura da cidade

  

Limpeza de terrenos públicos, desobstrução de boca de lobos, roçagem do mato, poda de árvores, implantação de estacionamentos, operações tapa-buracos estão sendo realizadas em diversos pontos da maior cidade do DF.

As benfeitorias realizadas fazem parte do mutirão de infraestrutura e limpeza que conta com equipes próprias e terceirizadas da Administração Regional, da Novacap do programa GDF Presente. Os serviços estão sendo executadas conforme a solicitação da comunidade, dando prioridade as principais ruas e avenidas de Ceilândia, além de contemplar áreas críticas da região administrativa.

A Administração de Ceilândia ressalta que as ações são constantes e permanentes para a melhoria da infraestrutura da cidade, uma vez que se trata de uma atividade contínua que integra o processo de manutenção da região. Além disso, desde janeiro equipes integradas estão atuando fortemente na limpeza de áreas públicas, além de inserir nas ruas várias frentes de trabalho.

Confira o que foi realizado:

Obra de construção do estacionamento na Via P 3/QNP 3º, P Sul;

Recuperação asfáltica na QNN 20, Ceilândia Norte;

Recuperação asfáltica na QNM 23/25, Ceilândia Sul;

Recuperação asfáltica QNP 06/10 e 8/12;

Recuperação asfáltica EQNP 22, 14/18

Construção da pista de cooper na QNM 31 Área Especial, Ceilândia Sul

Construção de barreira de contenção de água na QNO 12 Área Especial Setor, O

Poda de árvores na QNN 39, Ceilândia Norte;

Poda de árvores na EQNN 8/10, Ceilândia Sul;

Poda de árvores na QNO 18, Setor O;

Remoção de entulhos na EQNP 8/12, P Sul;

Remoção de entulhos na EQNO 11/13, Setor O;

Remoção de entulhos na QNO 11 Área Especial, Setor O;

Obra de construção do estacionamento na Via P 3/QNP 3, P Sul;

Recuperação de estrada vicinal no núcleo Rural, Incra 09, gleba 04.

Administração de Ceilândia é contemplada com carro elétrico

 

O projeto prevê o compartilhamento dos veículos entre servidores do GDF a serviço da administração pública. A iniciativa além de gerar economia não trouxe custos para os cofres públicos

 

O Programa Vem DF contemplou a Administração Regional de Ceilândia com um carro elétrico. A ação faz parte da arrojada iniciativa do Governo de Brasília em tornar a capital do país na 1ª Cidade Inteligente do Brasil. O projeto prevê o compartilhamento dos veículos entre servidores do GDF a serviço da administração pública.

A iniciativa além de gerar economia não trouxe custos para a Administração local, já que os veículos da ABDI foram cedidos ao GDF em forma de comodato, ou seja, um empréstimo sem custos. Também

O projeto VEM DF é fruto de uma parceria entre a Agência Brasil de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e o Governo de Brasília por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação. O programa que é pioneiro de compartilhamento de veículos elétricos para frotas públicas conta ainda com a participação do Parque Tecnológico de Itaipu (PTI), que desenvolve o software de compartilhamento com foco para uso de governo. A estimativa é que a economia para os cofres públicos chegue a R$ 8 milhões de reais por ano.

A Administração de Ceilândia também possui um dos  eletropostos que carregam os carros elétricos e híbridos no DF. Além de abastecer os veículos, de modelo Twizy, utilizado pelos servidores, pessoas da população também podem utilizar os pontos, de forma gratuita.

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, conta que com os novos carros é uma inovação do GDF, e que a maior cidade do DF precisava dos veículos devido à grande demanda de serviços que necessitam da locomoção de servidores para as áreas de educação, saúde, lazer, cultura e infraestrutura. “ Os novos carros elétricos foram cedidos ao GDF sem custo. Além disso, o veículo é sustentável, não polui o meio ambiente e não faz barulho sendo de grande necessidade para a realização de serviços da cidade mais populosa do DF”, esclarece Marcelo Piauí.

 

 

 

 

 

 

Quadras esportivas de Ceilândia serão revitalizadas 

Parceria entre Administração Regional e Secretaria de Esportes do DF contemplará os espaços com pintura, troca de alambrados, instalação de traves, redes e a manutenção do piso.

 

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, recebeu nesta quarta-feira (5), o Subsecretário de  Esporte e Lazer do DF Sidmeron Silva (Bola), e o diretor de Projetos Incentivados da Secretaria  Victor Jefferson para viabilizar o cronograma de revitalização e restauração das 78 quadras esportivas de Ceilândia.  Os espaços serão contemplados com benfeitorias entre elas, troca de alambrados, pintura, instalação de traves e redes, além da manutenção das quadras de areia. 

O material será fornecido pela Secretaria de Esportes, em contrapartida, equipes da Administração de Ceilândia realizarão os serviços de manutenção, como pintura, soldagem, limpeza e a execução dos reparos nas estruturas. A previsão é que os trabalhos sejam iniciados neste mês. 

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, explica que constantimente tem realizado reuniões de trabalho com a secretária de Esporte e Lazer, Celina Leão, para viabilizar  as reformas dos equipamentos esportivos em Ceilândia. 

Ele também diz que  uma das prioridades na maior região do DF é fomentar e desenvolver o esporte, além de oferecer o acesso a estruturas adequadas para à comunidade. “ O esporte e educação são ferramentas de transformação social. É importante que o Governo promova o acesso às modalidades esportivas na cidade, por meio de políticas públicas, além de promover o desenvolvimento educacional, o bem-estar físico e também a saúde mental dos moradores de Ceilândia”, enfatiza Marcelo Piauí.

 

 

Administração de Ceilândia retira lixão em terreno no P Sul

 

A limpeza foi um pedido antigo da comunidade. Cerca de 57 toneladas de lixo foram recolhidas em toda a região

 

A Administração Regional  de Ceilândia juntamente com o programa GDF Presente, nesta terça-feira (4), realizou um mutirão de limpeza no terreno localizado, na QNP 22 do P Sul, que antes estava sendo usado como um lixão a céu aberto. No espaço as equipes retiraram todo tipo de resíduo   como lixo doméstico, resto de obra, móveis velhos, pneus, sanitários garrafas e eletrodomésticos quebrados. 

A operação de limpeza na maior cidade do DF é realizada por meio de cronograma, além de atender as demandas da comunidade por meio da Ouvidoria do GDF, e nos canais de atendimento da Administração de Ceilândia.  Além disso, equipes atuam diariamente na limpeza de pontos mais críticos da cidade.

Francisca Damasceno, de 62 anos, mora perto terreno onde foi contemplado com a limpeza. Ela diz que há anos o local vivia sujo e sem nenhuma benfeitoria, mas que agora a realidade vai ser bem diferente. “ Sempre pedíamos a limpeza dessa área. Hoje aconteceu esse mutirão para tirar toda essa sujeira daqui. Agora precisamos fazer nossa parte de fiscalizar os sujões e não deixar que o lixão volte! ”, faz o apelo a moradora.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, enfatiza que as pessoas precisam colaborar com a conservação de toda a cidade limpa. “Cada vez mais precisamos primar pela higienização dos espaços públicos e de onde vivemos, por isso vamos fazer um trabalho completo de limpeza e esperamos contar com a colaboração das pessoas no sentido de preservar os locais limpos”, ressalta Marcelo Piauí.

 

Confira o que foi realizado:

Recuperação de área de transbordo irregular na EQNP 16/20 P Sul;

Recuperação de estrada vicinal na área Rural do Setor P Sul;

Revitalização de faixas de pedestre na QNP 22 P Sul;

Recuperação de estrada vicinal na Via de acesso ao condomínio Monte Verde;

Remoção de entulhos na EQNM 27 Área Especial Ceilândia Sul;

 

 

Administração de Ceilândia finaliza limpeza em terreno na QNO 7, Setor O

 

O espaço foi contemplado com a retirada de entulho e roçagem do mato. Há anos o local não recebia manutenção, o que atraia animais peçonhentos e gerava insegurança para os moradores da região

 

A Administração de Ceilândia intensificou a roçagem e limpeza de áreas públicas com a finalidade de combater possíveis focos do mosquito da dengue, além de minimizar o aparecimento de insetos, escorpiões e roedores transmissores de doenças. O terreno localizado na QNO 07, Setor O, foi contemplado com a retirada de lixo, entulho e roçagem do mato.

A operação de limpeza durou cerca de uma semana e atendeu a um pedido antigo da comunidade local, que antes reclamava do abandono da área, o que atraia animais peçonhentos e gerava insegurança para os moradores da região.

Maria das Graças, de 57 anos, é uma das moradoras da região e comemora a benfeitoria realizada no terreno. “ Há anos o local estava abandonado! Dava medo de passar até por perto. O Mato era muito alto e durante a noite não dava para ver nada, o que servia de esconderijo para bandidos. Agora a realidade é outra. Ficou um lugar agradável e bem mais seguro”, diz agradecida.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, ressalta que os serviços de limpeza e manutenção da cidade estão sendo intensificados, mas pede a colaboração da comunidade, para juntos, termos uma cidade mais limpa, organizada e segura. “Estamos garantindo ao ceilandense mais qualidade de vida e bem-estar. Pedimos que a população tenha a consciência de não descartar lixo em terrenos baldios ou em vias públicas. A conscientização é a melhor forma de evitar a proliferação do mosquito da dengue e outros insetos peçonhentos”, enfatiza Marcelo Piauí.

 

 

 

Administração de Ceilândia instala placas em terrenos cercados para alertar sobre o descarte irregular de lixo

 

A iniciativa tem como um dos objetivos conscientizar comunidade e os carroceiros sobre a importância de não despejar os resíduos em locais não autorizados, além de solucionar um problema social, ambiental e de saúde pública na região

 

A Administração de Ceilândia começou a instalação de placas para alertar à população sobre o descarte irregular de lixo na maior região do Distrito Federal. Com os dizeres “ Não jogue lixo na cidade que você ama. “ Eu amo Ceilândia”, a frase tem como um dos objetivos chamar a atenção e conscientizar comunidade e os carroceiros sobre a importância de não despejar os resíduos em áreas públicas, além de contribuir para uma cidade mais limpa e organizada.

As placas começaram a ser instaladas em 11 grandes terrenos cercados em parceria entre a  Administração de Ceilândia e a Terracap, que antes serviam como descarte de todo tipo de material como sofás velhos, pneus, garrafas, resto de obras, sanitários, eletrônicos e até animais mortos.

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, diz que a iniciativa de instalar as placas na cidade é para alertar toda à comunidade de que, cada um, é responsável por zelar do espaço onde vive. “ Precisamos trabalhar coletivamente para vencer a questão do lixo em Ceilândia! A população precisa entender que uma cidade suja é uma cidade doente. O lixo atrai todo tipo de insetos e consequentemente doenças, além da dengue! ”, ressalta Marcelo Piauí.

Marcelo Piauí também explica que equipes da Administração retiram das ruas cerca de 40 toneladas de lixo por dia, e que terrenos e áreas públicas são contempladas diariamente com a limpeza. “ Nossa parte estamos fazendo e esperamos que toda à comunidade colabore! É necessário que todos se conscientizem! O Governo está cuidando da saúde das pessoas ao manter a região limpa. A partir de agora vamos adotar medidas mais duras para quem for pego sujando as ruas da nossa cidade”, enfatiza. 

 

 

 

 Praça do Cidadão é adotada e será revitalizada, em Ceilândia

Parceria entre a Administração Regional e instituição Ruas se deu por meio do programa Adote Uma Praça

 

A Praça do Cidadão, localizada na QNM 18/20 de Ceilândia, tem agora um parceiro para manutenção e revitalização que já é um velho conhecido da comunidade. Nesta última quinta (16), foi publicado no Diário Oficial do DF o termo de cooperação entre a Administração Regional de Ceilândia e a Rede Urbana de Ações Socioculturais (Ruas) para “adoção” do local por meio do programa Adote Uma Praça.

A adoção da Praça do Cidadão marcou o primeiro passo do programa Adote Uma Praça em Ceilândia. A intenção agora é expandir a política pública por toda a RA, como relata o administrador regional de Ceilândia, Marcelo Piauí: “Ceilândia possuem diversas praças abandonadas, mas vamos mudar essa realidade. Começamos a revitalização da praça que é um símbolo para todos os ceilandenses. Nosso intuito é contemplar a Praça dos Eucaliptos e muitas outras mais”.

A oficialização da sociedade é a primeira do tipo a ser realizada em Ceilândia e também celebra a cooperação que a Ruas possui com a Praça do Cidadão: a instituição está presente no local desde 2007 e, desde então, executa e fomenta diversas ações tanto de manutenção quanto de promoção de cultura e educação para a comunidade ceilandense.

“Para nós isso é muito importante, a gente agora consegue se formalizar e temos uma garantia de ocupação de espaço que a gente nunca teve. Nós estamos aqui e nosso interesse é manter o espaço saudável, reformado e com atividades culturais”, destaca o presidente da Ruas, Antônio de Pádua.

Agora, a Praça do Cidadão será contemplada com ações de revitalização como reforma do parquinho, pintura e troca de bancos, pintura da quadra, jardinagem e instalação de lixeiras. Além disso, a Ruas também quer desenvolver um projeto de grafitagem no local, expondo painéis grafitados nas paredes dos prédios e nas arquibancadas da quadra esportiva.

Para o diretor de Cultura da Administração Regional de Ceilândia, Márcio Nunes, a parceria com a Ruas vai fortalecer outro importante aspecto do local: “O Adote Uma Praça vai reforçar esse espaço como importante polo cultural na cidade. Essa praça aqui era utilizada de uma outra forma, o Ruas vem realizando esse trabalho junto com a comunidade e agora a cultura estará presente o tempo todo aqui”.

O presidente da Ruas ressalta a importância do projeto para a região e quer que o exemplo da instituição sirva de inspiração. “Que sirva para que a sociedade civil organizada e o empresariado participem da questão pública para, junto com a Administração, estar participando das demandas da cidade.

Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, recebe comerciantes e diz que comércio irá abrir na próxima segunda-feira (20).

Nesta quinta-feira (16), o administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, recebeu comerciantes e empresários, que realizaram uma carreata  em pró  da abertura e flexibilização  do comércio na maior região do DF.

Como medida de segurança e prevenção ao coronavírus,  o grupo foi recebido  no estacionamento da Administração Regional. Durante o encontro, Marcelo Piauí ouviu as queixas e demandas dos comerciantes e, anunciou,  por meio de novo decreto, a  flexibilização e abertura total do comércio, no máximo,  na próxima segunda-feira (20), em Ceilândia. 

Marcelo Piauí explicou que o fechamento do comércio pelo GDF foi  baseado em estudos técnicos e pelo  acompanhamento  diário no aumento da velocidade de casos de Covid 19, em Ceilândia.  Ele se comprometeu a ir pessoalmente ao Buriti ainda,  nesta quinta-feira (16), e viabilizar junto ao governador Ibaneis Rocha, a abertura total do comércio na região. 
" O GDF tem feito seu papel que é de preservar e salvar vidas. Para que tudo ocorra de forma segura, os comerciantes e empresários devem fazer sua parte, seguindo todos os protocolos de segurança contra o coronavírus em seus estabelecimentos como o uso obrigatório de máscara, a aferição de temperatura e a higienização adequada. Só com a ajuda e conscientização de todos os ceilandenses é que vamos vencer essa pandemia", ressalta Marcelo Piauí.

Comunidade de Ceilândia e Sol Nascente são contempladas com cobertores, roupas e agasalhos

 

Cerca de 1 mil itens foram distribuídos para famílias atendidas por instituições sociais. A ação foi realizada em parceria com as administrações de Ceilândia e Riacho Fundo I

 

Crianças, adolescentes e famílias atendidas por instituições sociais de Ceilândia e Sol Nascente foram contempladas com a doação de cobertores, roupas e agasalhos arrecadados durante a Campanha Agasalho Solidário do GDF. 

A ação foi realizada, nesta quarta-feira (15), em parceria com as administrações de Ceilândia e Riacho Fundo I. A iniciativa contou com os servidores dos respectivos órgãos, que também distribuíram máscaras protetoras como uma das medidas contra o coronavírus.

Todos itens doados foram higienizados e embalados a vácuo e foram distribuídos nas instituições: Lar de São José e a Associação de Amparo a Pessoas com Necessidades Especiais, em Ceilândia Norte, e no Instituto Meninos do Pôr do Sol.  A ação também contou com a presença da administradora do Riacho Fundo I Ana Lúcia.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, explica que ação social é mais um meio de levar políticas sociais a quem mais precisa. “Sabemos que estamos enfrentando uma grande crise, mas precisamos contornar a situação, buscando levar itens de primeira necessidade a quem mais precisa. Isso só foi possível por meio de doações da população, de alguns empresários e servidores que se mobilizaram para arrecadar os itens ”, ressalta Marcelo Piauí.

Marcelo Piauí também diz que uma das prioridades da Administração de Ceilândia é promover e desenvolver a parte social da maior região do DF.   “Chegamos à conclusão que, mesmo com um grupo pequeno, é possível dar a nossa colaboração voluntária. A ideia é, além de ajudar nas atividades, é firmar parcerias e trazer voluntários e parceiros em nossas ações e projetos sociais para nossa cidade”, esclarece o administrador.

Maria de Sousa da Cruz, de 35 anos, foi uma das moradoras do Sol Nascente que ganhou cobertores novos para os três filhos. Desempregada ela diz que a doação chegou na melhor hora. “ Estava dividindo um cobertor velho para as três crianças! Entramos em uma época que as noites estão frias demais, mas agora, cada um terá seu próprio cobertor e vão dormir bem mais quentinhos”, diz agradecida a dona de casa.

            

 

 

 

Diálogo direto com os feirantes de Ceilândia

As feiras da maior região do DF representa uma grande importância para à comunidade ceilandense, o que contribui para o desenvolvimento econômico, social e cultural da cidade.

Pensando em melhorias para os espaços, a Administração de Ceilândia juntamente com o chefe de gabinete Cleber Monteiro, o novo Secretário das Cidades do DF, Valmir Lemos, e o Subsecretário de Mobiliários Urbanos e Apoio as Cidades Alexandre Yanez, nesta terça-feira (14), se reuniram com os representantes das feiras da região.

Durante o encontro várias pautas e demandas foram discutidas como segurança, infraestrutura, regularização, além da viabilidade do programa de cadastro único para todos os feirantes do DF.

Por meio do núcleo de Gerência de Feiras de Ceilândia, os representantes puderam tirar dúvidas e receber orientações sobre os procedimentos e processos legais quanto a autorização, pagamento de taxas, regularização e funcionamento dos boxes. A iniciativa da Administração tem como um dos objetivos o diálogo direto com os feirantes e ouvir as necessidades e reivindicações.

A reunião contou com a presença dos representantes:

Feira Central;
Feira do Produtor;
Feira da Guariroba;
Feira do P Norte;
Feira do Setor O;
Shopping Popular;
Feira Livre do Guarapari.
https://www.instagram.com/p/CCoUEvBlFRT/?igshid=1fkj2d8b2ul1s

Novo Hospital Modular é inaugurado, em Ceilândia

A nova unidade de saúde foi inaugurada na manhã desta segunda-feira (13/7), e contou com a presença do governador do DF Ibaneis Rocha, do vice-governador Paco Britto, do secretário de saúde, Francisco Araújo e do administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí.

O Hospital Modular de Ceilândia conta com 73 leitos, sendo 70 de enfermaria e três com suporte respiratório e foi construído pela empresa JBS.

Durante a cerimônia de entrega da unidade, Ibaneis assinou também ordem de serviço para a construção de Unidade de Atendimento Hospitalar na QNN 27, em Ceilândia. Inicialmente o local funcionará como Hospital de Campanha de Ceilândia, para reforçar o atendimento aos pacientes acometidos pelo novo coronavírus na região e, que, depois se transformará no primeiro hospital materno infantil da maior cidade do DF.

Marcelo Piauí percorreu toda a estrutura do novo hospital e conversou com os profissionais da saúde. Apesar das inúmeras melhorias que já ocorreram na área da saúde na região, o administrador se prontificou a buscar meios de facilitar o trabalho e melhorias dos profissionais que atuam na linha de frente e também para os pacientes que necessitam de hospitalidade, conforto e melhor atendimento. " Estamos atentos a essa área tão sensível que é a saúde. Já conseguimos trazer nos últimos meses diversos médicos para a cidade tanto na área urbana como na rural e agora com essa nova estrutura que ficará como legado para os ceilandendes. O GDF também vai iniciar a construção do novo Hospital de Campanha, as novas obras ajudarão à comunidade ceilandense a ter mais acesso, celeridade e qualidade no atendimento" , enfatiza Marcelo Piauí.

           

GDF endurece regras de isolamento em Ceilândia e região

Parques, academias, shoppings, feiras, cultos/missas, lojas de conveniências e salões de beleza têm atividades suspensas

 

HÉDIO FERREIRA JÚNIOR, DA AGÊNCIA BRASÍLIA | EDIÇÃO: RENATO FERRAZ

O Governo do Distrito Federal (GDF) determinou na noite desta quarta-feira (8) a suspensão das atividades econômicas e comerciais nas regiões administrativas de Ceilândia e Sol Nascente/Pôr do Sol. As medidas foram publicadas em edição extra do Diário Oficial do DF e passa a vale a partir do primeiro minuto desta quinta-feira (9) por tempo indeterminado.

O decreto nº 40.961 suspende permissões de funcionamento anteriormente liberadas pelo Decreto nº 40.939, de 2 de julho de 2020. Com isso, ficam impedidos de funcionar eventos de qualquer natureza que exijam licença do poder público, além de shoppings centers, feiras populares, clubes recreativos, cultos, missas, academias de esportes, salões de beleza e parques (tanto ecológicos quanto vivenciais).

Supermercados, padarias, hortifrutigranjeiros, mercearias, açougues, lojas de materiais de construção, postos de combustíveis, pet shops, clínicas e consultórios médicos estão entre os estabelecimentos que não se incluem no fechamento determinado pelo novo decreto.

Ficam permitidas operações de entrega em domicílio, pronta entrega em veículos e retirada do produto no local, sem abertura do estabelecimento para atendimento ao público em suas dependências.

A disponibilização de mesas e cadeiras aos consumidores está vetada. Em todos os estabelecimentos que se mantiverem abertos, impõe-se a observância de todos os protocolos e medidas de segurança já recomendados pelas autoridades sanitárias, como garantia de distância mínima de dois metros entre as pessoas, utilização de equipamentos de proteção individual e disponibilização de álcool 70%.


O que fica suspenso
➪ eventos, de qualquer natureza, que exijam licença do poder público;
➪ atividades coletivas de cinema e teatro;
➪ academias de esporte de todas as modalidades;
➪ parques ecológicos, recreativos, urbanos, vivenciais e afins;
➪ boates e casas noturnas;
➪ atendimento ao público em shoppings centers, feiras populares e clubes recreativos;
➪ nos shoppings centers, fica autorizado apenas o funcionamento de laboratórios, clínicas de saúde, farmácias e delivery.
➪ cultos e missas de qualquer credo ou religião;
➪ estabelecimentos comerciais, de qualquer natureza, inclusive bares, restaurantes, lojas de conveniências e afins;
 salões de beleza e centros estéticos


O que pode abrir/funcionar
 clínicas e consultórios médicos e odontológicos, laboratórios e farmácias;
➪ clínicas veterinárias, somente para atendimento de urgências;
➪ supermercados, hortifrutigranjeiros, minimercados, mercearias, açougues, peixarias, comércio estabelecido de produtos naturais, bem como de suplementos e fórmulas alimentares, sendo vedado, em todos os casos, a venda de refeições e de produtos para consumo no local;
➪ padarias e lojas de panificados, apenas para a venda de produtos, sendo vedado o fornecimento de refeições de qualquer tipo para consumo no local;
➪ lojas de materiais de construção e produtos para casa, incluídos os home centers; VI – postos de combustíveis;
➪ lojas de conveniência e minimercados em postos de combustíveis, sendo vedados o consumo de produtos no local e a disponibilização de mesas e cadeiras;
➪ petshops e lojas de medicamentos veterinários ou produtos saneantes domissanitários;
➪ lojas elativas a toda a cadeia do segmento de veículos automotores;
➪ empresas que firmarem instrumentos de cooperação com o Distrito Federal no enfrentamento da emergência de saúde pública relativas ao coronavírus ou à dengue nas áreas de atendimento à saúde básica, atendimento odontológico, assistência social, e nutrição, tanto para o fornecimento de alimentação preparada com embalagem para retirada individual, quanto para recolhimento e distribuição de alimentos em programas para garantir a segurança alimentar;
➪ funerárias e serviços relacionados;
➪ lotéricas e correspondentes bancários;
➪ lavanderias, exclusivamente no sistema de entrega em domicílio;
➪ floriculturas, exclusivamente no sistema de entrega em domicílio;
➪ empresas do segmento de controle de vetores e pragas urbanas;
➪ o atendimento ao público em todas as agências bancárias e cooperativas de crédito no Distrito Federal, públicas e privadas;
➪ o Sistema S:
 óticas;


Parágrafo único
Ficam permitidas operações de entrega em domicílio, pronta entrega em veículos e retirada do produto no local, sem abertura do estabelecimento para atendimento ao público em suas dependências, sendo vedada a disponibilização de mesas e cadeiras aos consumidores.


Fique atento
Em todos os estabelecimentos que se mantiverem abertos, impõe-se a observância dos protocolos e medidas de segurança recomendados pelas autoridades sanitárias.

Ceilândia é contemplada com melhorias na iluminação pública

Após duas etapas de projetos pilotos, CEB lança o Programa Luz que Protege

 

Na tarde desta sexta-feira, (03.07), a maior cidade do Distrito Federal recebeu uma notícia para celebrar. A CEB, em parceria com a Secretaria de Obras, deu início ao Programa Luz que Protege, que objetiva aumentar a sensação de segurança da população através da revitalização da iluminação pública. O início das intervenções para melhoria na Iluminação Pública aconteceu na região do terminal rodoviário de Ceilândia, perto da Escola Classe 68 e Céu das Artes. 

Com as informações fornecidas pela Secretaria de Estado de Segurança Pública do Distrito Federal, o Luz que Protege dará prioridade para as áreas sensíveis aos maiores índices de criminalidade e tráfego de pessoas, como hospitais, Unidades de Pronto Atendimento – UPAs, escolas, delegacias e praças.
“Nesse momento, temos 52 áreas levantadas em 23 regiões administrativas. Com essa parceria firmada com a Secretaria de Obras, temos uma previsão de aproximadamente R$ 12 milhões em investimento e quase 14 mil luminárias a serem eficientizadas”, afirma o presidente da CEB, Edison Garcia. “À medida que os projetos forem elaborados e executados, continuaremos a buscar novos pontos de atuação”, disse. 


O Luz que Protege contou com duas etapas como parte do projeto piloto. Na primeira etapa, realizada em janeiro desse ano, a CEB e o Departamento de Trânsito do DF revitalizaram quatro faixas de pedestres da QNM 18, em Ceilândia Norte. As luminárias convencionais foram substituídas por lâmpadas de LED e as pinturas no asfalto foram renovadas. 

Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, diz que Ceilândia tem  necessidade de manutenção constante na rede de iluminação pública e que o novo projeto irá trazer mais qualidade de vida e segurança para a população. “Estamos dando uma atenção especial à cidade.Estamos com mutirão de melhorias na infraestrutura 
, o que contribui para a melhoria dos serviços prestados", ressalta. 

Com o lançamento do Programa, outras áreas de Ceilândia já estão previstas para a eficientização, como as QNP’s 12, 14, 16 26 e 28. 
Os recursos do Programa são provenientes da CIP (Contribuição de Iluminação Pública).

Administrador Marcelo Piauí recebe Honra ao Mérito

 

A homenagem foi concedida pelo instituto ACAC pelo reconhecimento, compromisso e gestão pública com a maior cidade do DF. A instituição realizou a pesquisa entre entidades do terceiro setor e moradores da região

 

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, recebeu nesta quinta-feira (2), a Honra ao Mérito e Amigo Social entregue pela Associação Casa de Apoio à Comunidade de Ceilândia (ACAC) pelo seu trabalho realizado na gestão da Administração Regional de Ceilândia. A homenagem ocorreu após a avaliação e pesquisa entre entidades do terceiro setor e moradores da maior cidade do DF.  

Segundo a presidente da   associação Dona Joana Darc, o objetivo da homenagem é destacar pessoas cuja a administração pública sirva de modelo, referência em transparência e responsabilidade social, além de ter o reconhecimento e aprovação da própria comunidade.

Ao receber a placa de honra ao mérito, Marcelo Piauí ressaltou o trabalho desenvolvido por todos os funcionários da administração e as medidas adotadas para desenvolver e melhorar a infraestrutura e o setor social de Ceilândia.

 “ Somos uma das maiores cidades do país! Estamos trazendo novas obras para a região. Na parte social foi criado na cidade o abrigo para atender as pessoas em situação de rua durante à pandemia, além de oferecer para essas pessoas serviços essenciais na área da saúde e de assistência social. Em nossa atual gestão estamos buscando um diálogo direto com à comunidade e levando as demandas aos órgãos competentes e cobrando soluções efetivas. Uma das conquistas recentes foi a instalação da primeira Delegacia de atendimento à Mulher na região e muitas outras virão! “, ressalta Marcelo Piauí.

Participaram da cerimônia o chefe de gabinete da Administração de Ceilândia Cleber Monteiro, o assessor especial Aderval Andrade e o coordenador da ACAC Rayniere de Souza.

Lixo e entulho são jogados em terrenos limpos e cercados, em Ceilândia

Mesmo com as constantes limpezas e cercamento de áreas públicas na região, além de placas de advertência moradores e carroceiros insistem em desrespeitar à legislação

 

Na tentativa de evitar que à população descarte irregularmente o lixo em áreas públicas, a Administração Regional de Ceilândia cercou 11 grandes terrenos que antes eram usados como lixões a céu aberto. Os espaços passaram por revitalização, limpeza, cercamento e sinalização com placas de advertência.  Mas a iniciativa não tem coibido a prática de alguns moradores e carroceiros de fazer o descarte irregular do lixo e entulho nos locais.

Nesta terça-feira (30), a área cercada da QNN 15/16 em Ceilândia Norte, amanheceu com lixo, entulho e resto de obras que foram descartados irregularmente em cima da calçada, o que impedia a circulação de pedestres.  

A moradora Luciana Carvalho, de 52 anos, que mora em frente ao local, conta que, no início da manhã o terreno já estava cheio de telhas, garrafas e até um tubo de televisão. “Acho uma falta de respeito total com o espaço em que vivemos.   A Administração veio limpou e cercou o terreno, mesmo assim as pessoas sem educação sujam o espaço. É um absurdo!  Não é a primeira vez que isso acontece! ”, desabafa a ceilandense.

Constantemente, o local era usado irregularmente por carroceiros e pela própria comunidade como um depósito de lixo. No terreno, era possível encontrar todo tipo de descarte, desde lixo doméstico, eletrônicos, pneus velhos, garrafas, restos de obras e até animais mortos. A área foi totalmente limpa e cercada. Infelizmente, o espaço voltou a receber entulho e lixo doméstico, mesmo com uma placa indicando que é proibido jogar lixo.  

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, ressalta que, constantemente, terrenos públicos da região passam por limpeza e que as áreas mesmo limpas e com placas advertindo sobre a proibição de jogar lixo, alguns cidadãos insistem em sujar. “Estamos buscando várias alternativas para coibir essa prática em Ceilândia, inclusive dando utilidade aos espaços e realizando o cercamento! Mas a questão de jogar lixo na rua tem sido algo cultural na cidade, mas precisamos mudar essa realidade. O lixo atrai insetos, dengue e outras doenças! Peço que toda à comunidade se una e denuncie os sujões! enfatiza Marcelo Piauí

Marcelo Piauí também esclarece que desde janeiro a Administração de Ceilândia tem realizado mutirões de limpeza em toda a região. Por dia, cerca de 40 toneladas de lixo são retiradas das ruas.  Além disso, são recolhidos móveis velhos, resto de obras, pneus e eletrodomésticos. Muitas vezes os terrenos são limpos e voltam a ser sujos pela própria comunidade. A Administração tem orientado à comunidade e pede apoio para que não descartem seus lixos de forma irregular. 

Legislação

A legislação vigente referente à Fiscalização de Limpeza Pública prevê a aplicação de multas para quem for pego jogando lixo em área pública que pode variar de R$ 114 a R$ 11 mil. Além disso, é considerado crime jogar em terrenos baldios ou becos qualquer tipo de resíduo, seja domiciliar, comercial, industrial, entulho de obra, restos de poda de árvores e plantas, entre outros, conforme Lei Distrital nº 972, de 11 de dezembro de 1995, que dispõe sobre os atos lesivos à limpeza pública.

TERRENOS CERCADOS

Ceilândia Sul

QNM 33

QNM 28

QNM 15 (dois terrenos cercados)

QNN 16

QNN 12

QNM 29

Ceilândia Norte

QNM 16

QNM 8

QNN 15

Setor O

QNO 8, Setor O

Mais de 85 mil máscaras foram entregues, em Ceilândia

Equipes da Administração Regional distribuíram os itens de proteção para à comunidade como uma das medidas no enfrentamento ao coronavírus. Na Região diariamente são realizadas operações de fiscalização e orientação com o apoio de diversos órgãos do GDF

(Brasília, 27 de junho de 2020)- A Administração Regional de Ceilândia diariamente realiza a distribuição de máscaras de tecidos para à população de Ceilândia. As ações ocorrem também durante sábado e domingo em diversos pontos da cidade. A medida tem como um dos objetivos combater os altos índices de pessoas contaminadas pelo coronavírus na região, além de orientarem à comunidade de como usar de forma correta o item de segurança e recomendar o distanciamento social e os cuidados necessários no enfrentamento à Covid19.

A força-tarefa conta com o apoio de diversos órgãos do GDF e o DF Legal, que atuam na fiscalização e orientação de pedestres e comerciantes, além de realizar autos de infração em estabelecimentos que não são permitidos funcionar.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, ressalta que as ações de combate ao coronavírus na maior região do DF são constantes e diárias. “Antes mesmo do primeiro caso de coronavírus registrado na cidade, já estávamos realizando operações e a distribuição de máscaras para a comunidade! Todos os dias de domingo a domingo, estamos nas ruas com a força-tarefa do GDF fiscalizando e orientando a população para sair de casa somente quando necessário e que evitem aglomerações. Só com a colaboração de comerciantes e de toda a sociedade é que vamos conseguir atravessar esse momento tão delicado", enfatiza Marcelo Piauí.

Marcelo Piauí também diz que as ações no combate ao coronavírus na cidade têm seguido protocolos recomendados pelas autoridades sanitárias. Além da distribuição de mais de 85 mil máscaras laváveis para à população, também foram instalados pontos de testes rápidos em locais estratégicos da cidade, a higienização e sanitização de feiras, escolas, delegacias e o Hospital de Ceilândia e nos principais pontos da região, além do fechamento de campos sintéticos e a interdição de Pontos de Encontro Comunitário (PECs).

Desde que começou as operações na cidade devido à pandemia, a força-tarefa do GDF conta com o apoio da Administração de Ceilândia, lideranças comunitárias, DF- Legal, do Departamento de Estradas e Rodagem (DER/DF), Diretoria de Vigilância Sanitária (Divsa), Secretaria de Transporte (Semob), Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), Polícia Militar (PMDF), Polícia Civil do DF, Procon-DF; Detran-DF, Brasília Ambiental, Secretaria da Agricultura, Secretaria de Governo do DF.

Administração de Ceilândia realiza manutenção asfáltica de ruas e vias, em Ceilândia

 

No mês de maio cerca de 155 toneladas de massa asfáltica foram utilizadas na operação tapa buraco na região.

 

A Administração Regional de Ceilândia tem realizado diversas benfeitorias na melhoria da infraestrutura da maior região do Distrito Federal. Diariamente diversos pontos da cidade recebem a operação tapa buraco, a poda de árvores, o desentupimento de boca de lobo, a limpeza de áreas públicas, recuperação de estradas rurais, roçagem do mato e implantação de calçadas.

Os serviços são realizados em parceria entre equipes próprias da Administração Regional, terceirizadas e da Novacap, além de contar com o Programa GDF Presente. No mês de maio cerca de 155 toneladas de massa asfáltica foram utilizadas na manutenção asfáltica de ruas e avenidas de  Ceilândia.

Recentemente foram contempladas com serviços de manutenção asfáltica as quadras QNQ 2,3, 4 e 6, QNO 11, QNN 4 e 9, em Ceilândia Norte,  os estacionamentos da UBS 02 – QNN 15 Área Especial, Ceilândia Norte, Hospital de Ceilândia (HRC), e o terminal rodoviário do Setor O. Receberam melhorias conjuntos das quadras QNM 01, QNM 05, QNM 10, QNM 17, QNM 21, QNM 25, em Ceilândia Sul. A previsão é que outras regiões da cidade também sejam contempladas com a operação.

Equipes também realizaram a implantação de calçadas na lateral do (HRC) para atender pedestres, que diariamente utilizavam  o acostamento da pista para ter acesso à instituição de saúde.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, explica que as equipes verificam os pontos mais críticos e atuam prioritariamente nessas áreas, além de atender as demandas da comunidade. “Precisamos aproveitar essa época do ano sem chuvas para fazermos a manutenção das ruas e avenidas de Ceilândia. Conforme a massa asfáltica é cedida pela usina da Novacap estamos dando prioridade aos pontos mais críticos da região”, ressalta Marcelo Piauí.

A auxiliar de serviços gerais Luciene Cardoso, de 39 anos, conta que antes do calçamento na lateral do (HRC), ela tinha que caminhar no acostamento para chegar até o seu trabalho. “Depois que criaram as calçadas me sinto mais segura em poder pegar ônibus na região. Antes tinha que andar no mato e disputar lugar com os carros”, elogia a ceilandense.

 

Confira o que foi realizado hoje:

 

Remoção de entulho no Condomínio Privê;

Pode de árvore  na Via 05, Setor O;

Remoção de entulho na QNM 28 Área Especial, Ceilândia Norte;

Limpeza na Via MN 3;

Limpeza das calhas em volta da UPA de Ceilândia QNN 27;

Recuperação asfáltica na QNM 04, Ceilândia Sul;

Recuperação de estrada vicinal no núcleo Rural Alexandre Gusmão Incra 09.

 

Administração de Ceilândia recolheu cerca de 34 toneladas de lixo 

Equipes da Administração de Ceilândia, nesta quarta-feira (17),  realizou a retirada de lixo e entulho de áreas públicas da região. 

A operação de limpeza  removeu móveis velhos, resto de obras, pneus e eletrodomésticos quebrados dos espaços. A operação contou com equipes da Novacap,  SLU e do Programa do GDF Presente. A ação também foi para combater os focos do mosquito da dengue.

Também houve a recuperação asfáltica em conjuntos da QNM 25, em Ceilândia Sul. 

Confira o que foi realizado hoje:

Recolhimento de galhos na Via Leste, Ceilândia Norte;

Recuperação asfáltica na QNM 25;

Limpeza e manutenção de boca na VIA 2 Setor O;

Poda e recolhimento de galhos no Centro Cultural  na QNN 13 Área Especial, Ceilândia Norte;

Remoção de entulho na EQNM 1/3, Ceilândia Sul

Remoção de entulho na QNN 37, Ceilândia Norte ;

Obras de recuperação da erosão na Via 2 Setor O.

Feiras de Ceilândia voltam a funcionar 


Nesta quarta-feira (17), as feiras de Ceilândia estão abertas para à população.O GDF publicou, no último  domingo (14), um decreto que autoriza a reabertura do comércio em geral. 


O consumo de alimentos no local permanece proibido.Os estabelecimentos estão atendendo as recomendações estabelecidas pelo GDF como a obrigatoriedade de uso de máscara, medição de temperatura e higienização com álcool gel. 


Horário de funcionamento de 9h  às 17h.

Administração de Ceilândia continua com mutirão de melhorias na região

 

A Administração Regional de Ceilândia nesta terça-feira (16), realizou diversas ações de melhorias como operação tapa-buracos, a desobstrução de boca de lobos, limpeza de áreas públicas, podas de árvores, recuperação de estrada rural, construção de calçada, além de outros serviços de manutenção na infraestrutura da cidade. 

As benfeitorias realizadas fazem parte do mutirão de infraestrutura e limpeza que conta com equipes próprias e terceirizadas da Administração Regional, da Novacap, do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) e do Programa GDF Presente.

Os serviços estão sendo executadas conforme a solicitação da comunidade, dando prioridade as principais ruas e avenidas da maior cidade do Distrito Federal, além de contemplar áreas críticas de Ceilândia.

Confira o que foi realizado nesta terça-feira (16):

 

Construção de calçada na Área Especial 01, Lateral do (HRC);

Limpeza da Feira Permanente do Setor "O" e do P Sul;

Poda de árvore Condomínio Privê;

Remoção de entulho na Via O-1 lateral da Caesb, Setor O;

Recolhimento de galhos na QNO 09, Setor O;

Recolhimento de galhos na QNN 15 (UBS 02), Ceilândia Norte;

Obras de recuperação da erosão na Via O-2 Setor O;

Recuperação de estrada vicinal no núcleo Rural Alexandre Gusmão Incra 09 gleba 03;

Recuperação asfáltica Via M3 sul;

Recuperação asfáltica QNM 25, Ceilândia Sul;

Recuperação asfáltica na via de ligação da Via M3 ligação QNL 24;

Remoção de entulho na QNM 15 Área Especial, Ceilândia Sul;

Limpeza e manutenção de boca de lobo na QNN 3, Ceilândia Norte.

Delegacia da Mulher é inaugurada, em Ceilândia

 

A nova unidade funcionará, 24h, no complexo da15ª Delegacia de Polícia. O espaço também contará com o Posto Descentralizado de Atendimento do IML

 

A Delegacia Especial de Atendimento à Mulher em Ceilândia, a DEAM II foi inaugurada nesta terça-feira (16), além do Posto Descentralizado de Atendimento do IML. O espaço atenderá mulheres, crianças e adolescentes que vivenciaram situações de violência física, moral e sexual. A unidade funcionará, 24h, no complexo da 15ª Delegacia de Polícia, na área central da região.

O Secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, Anderson Torres, esteve presente na inauguração. Ele conta que Ceilândia merecia uma unidade especializada para atender as mulheres da maior região do DF. “ Toda à sociedade sai ganhando quando firmamos o compromisso em ouvir e acolher as mulheres vítimas de violência. Queremos levar para outras cidades novas delegacias. Essa é uma das metas do Governo do Distrito Federal”, ressaltou o Secretário.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, diz que a inauguração da nova unidade policial especializada, não só atenderá mulheres, mas crianças e adolescentes vítimas de violência com profissionais especializados. “ Ceilândia após décadas ganha sua primeira delegacia da Mulher! Isso é uma conquista para toda à população ceilandense. A unidade irá reforçar o atendimento e o registro de ocorrências, sendo que a vítima não irá precisar procurar socorro ou denunciar seu agressor em outra cidade distante que era no Plano Piloto”, enfatiza Marcelo Piauí.

A Delegada Adriana Romana, chefe da DEAM II, diz que a unidade vai funcionar, 24h, e irá atender a população de Ceilândia e também do Sol Nascente, ou seja, a Deam II abrange as circunscrições da 15ª, 19ª e 23ª e 24ª delegacias”, as unidades mencionadas são, respectivamente, de Ceilândia Centro; P Norte; P Sul e Setor O.

A inauguração contou com a presença do chefe de gabinete da Administração Regional de Ceilândia e  ex diretor da Polícia Civil do DF Cleber Monteiro, e o atual diretor-geral da instituição Robson Cândido.

 

Local: QNM 02 Área Especial, Ceilândia Centro, próximo a Feira Central de Ceilândia.

 

Força-tarefa continua em Ceilândia 


Cerca de 2 mil máscaras já foram entregues  à população em dois dias de operação 


Desde sexta-feira (12), uma ação integrada de conscientização e fiscalização está sendo  realizada nos principais pontos de Ceilândia.

Cerca de 2 mil máscaras de pano já foram distribuídas para à comunidade. Equipes da Administração de Ceilândia também  orientaram  como usar o item de segurança corretamente.

Desde que começou as operações na cidade devido à pandemia, a força-tarefa do GDF  conta com o apoio da Administração de Ceilândia, lideranças comunitárias,  DF- Legal, do Departamento de Estradas e Rodagem (DER/DF), Diretoria de Vigilância Sanitária (Divsa), Secretaria de Transporte (Semob), Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), Polícia Militar (PMDF), Polícia Civil do DF,  Procon-DF; Detran-DF, Brasília Ambiental, Secretaria da Agricultura, Secretaria de Governo do DF.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, esclarece que as ações do GDF no combate ao coronavírus na cidade têm sido realizadas diariamente, e foram adotados protocolos recomendados pelas autoridades sanitárias. Além da distribuição de mais de 70 mil máscaras laváveis para à população, também foram instalados pontos de testes rápidos em locais estratégicos da cidade. “ Desde o começo da pandemia realizamos a higienização e sanitização de feiras, escolas, delegacias e o Hospital de Ceilândia e nos principais pontos da região.  Além disso,  estamos colocando carros de som para orientar à população dos cuidados contra o coronavírus.  Estamos realizando constantemente com o GDF operações de orientação e fiscalização dos comércios e moradores", esclarece Marcelo Piauí.

Confira as ações da Administração de Ceilândia no combate ao coronavírus

 

Desde março cerca de 35 mil estabelecimentos foram vistoriados e 103 notificados, além da distribuição de mais de 70 mil máscaras de proteção para à população

 

A administração Regional de Ceilândia em parceria com o Governo do Distrito Federal desde que foram adotadas medidas no enfrentamento ao coronavírus em todo DF, tem adotado os protocolos e recomendações das autoridades sanitárias. Diversas ações já foram realizadas no combate à Covid 19 na região mais populosa do DF.

Antes mesmo do primeiro caso registrado na cidade, a Administração de Ceilândia tomou uma série de medidas para diminuir o impacto da doença na população como a instalação de uma comissão com diversos profissionais da saúde, segurança e Vigilância Ambiental para acompanhar e monitorar as ações e a evolução do coronavírus na região.

Também houve a articulação com a sociedade civil e lideranças comunitárias de campanhas educativas para população e a implantação de central telefônica por meio de aplicativo digital para atendimento às demandas da comunidade como de infraestrutura, saúde e serviço social.

Diversas operações de fiscalização, orientação e conscientização foram realizadas em pontos da cidade com a distribuição de cerca de 70 mil máscaras de proteção, além da entrega de 1,2 mil cestas básicas a famílias em situação de vulnerabilidade social.

O Governo do Distrito Federal como medida no enfrentamento ao coronavírus realizou a testagem em massa, em Ceilândia. A ação atendeu à população que convive com pessoas do grupo de risco e também tiveram contato com paciente detectado com à Covid19 ou que apresenta sintomas de gripe e febre há mais de uma semana. A operação ainda continua na região.

Outra medida no enfrentamento ao coronavírus, em Ceilândia, foi o Programa Sanear DF que higienizou feiras, escolas, terminais rodoviários, paradas de ônibus, estações de metrô, unidades de saúde, praças e demais áreas de grande circulação de pessoas. Foram limpos e vistoriados locais como as feiras Central e da Guariroba. Também o Hospital Regional de Ceilândia foi contemplado com lavagem e operações de sanitização.

Ceilândia também ganhou um novo alojamento para atender à população em situação de rua. O espaço foi montado no Estádio Regional de Ceilândia com capacidade para 200 pessoas. Também a Administração lacrou os Pontos de Encontro Comunitário (PECS), e os   16 campos sintéticos. A medida visa combater os altos índices de casos de coronavírus na cidade.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, enfatiza que mesmo com todas as medidas adotadas para combater o coronavírus na cidade é preciso que toda a população e comerciantes se conscientizem. “ Estamos atravessando uma situação nunca vista antes. O Governo tem feito sua parte e cuidado da saúde das pessoas. O nosso compromisso é com a vida! Eu peço a compreensão de todos, para que permaneçam em suas casas e evitem aglomerações e só saiam quando necessário e tomando todas as medidas de prevenção como usando máscara de proteção”, ressalta Marcelo Piauí.  

 

Confira algumas das principais medidas:

http://www.ceilandia.df.gov.br/2020/03/18/nota-de-esclarecimento/

A Administração Regional de Ceilândia, em atendimento ao Decreto n° 40.528, publicou nesta terça-feira (17 de março de 2020), informa que atuará, nos próximos dias, em regime de plantão, com equipes reduzidas para a realização de serviços de manutenção e melhorias na infraestrutura da cidade.  A medida acompanha as decisões do governo do Distrito Federal para garantir a segurança da população e evitar a proliferação do Covid-19.

http://www.ceilandia.df.gov.br/2020/03/21/administracao-de-ceilandia-atua-no-enfrentamento-ao-coronavirus/

No dia 21 de março, foi montado uma comissão com diversos profissionais para acompanhar e monitorar as ações e a evolução do coronavírus, em Ceilândia:

http://www.ceilandia.df.gov.br/2020/03/23/a-administracao-regional-de-ceilandia-em-parceria-com-o-df-legal-fiscaliza-comercios/

No dia 23 de março, houve uma grande operação conjunta com diversos órgãos do GDF entre a Administração Regional e DF Legal na fiscalização, multa e fechamento de estabelecimentos não autorizados.

http://www.ceilandia.df.gov.br/2020/03/25/administracao-de-ceilandia-oferece-drive-thru-para-vacinacao-contra-a-gripe-a-partir-desta-quinta-feira-26/

No dia 27 de março, a Administração Regional de Ceilândia em parceria com a Superintendência Regional Oeste de Saúde ofereceu a opção de Drive-Thru para a vacinação contra a gripe. Os idosos de 60 anos ou mais da maior região administrativa do DF receberam a vacina sem sair do carro.

https://www.agenciabrasilia.df.gov.br/2020/03/31/sanear-df-acoes-conjuntas-no-combate-ao-coronavirus-e-a-dengue/

No dia 31 de março, foi realizado na cidade o Programa Sanear DF que higienizou feiras, escolas, terminais rodoviários, paradas de ônibus, estações de metrô, unidades de saúde, praças e demais áreas de grande circulação de pessoas no combate ao coronavírus. Foram limpos e vistoriados locais como as feiras Central e da Guariroba, as estações de metrô da cidade, o Hospital Regional de Ceilândia, escolas públicas e quadras esportivas.

http://www.ceilandia.df.gov.br/2020/04/15/ceilandia-ganhara-alojamento-para-populacao-de-rua/

No dia 14 de abril, foi aberto um chamamento público para construção do novo abrigo para atender à população em situação de rua em Ceilândia.  A vigência para parceria foi de  90 dias, podendo ser prorrogada por períodos sucessivos, enquanto perdurarem os efeitos das medidas de enfrentamento à Covid-19 O teto estimado para a realização do contrato foi de  R$ 1.841.377,15.

http://www.ceilandia.df.gov.br/2020/04/16/df-legal-fiscaliza-comercios-irregulares-em-ceilandia/

No dia 16 de abril, a Administração Regional de Ceilândia em parceria com o DF Legal realizou uma operação de fiscalização em comércios irregulares nas principais Avenidas de Ceilândia. O objetivo da ação foi combater a aglomeração de pessoas no enfrentamento a disseminação do novo coronavírus na cidade mais populosa do DF. A operação contou com o apoio do 10° Batalhão de Polícia de Ceilândia.

http://www.ceilandia.df.gov.br/2020/04/18/familias-carentes-recebem-cestas-em-ceilandia/

No dia 17 de abril, foram entregues cerca de 1,2 mil cestas básicas para famílias cadastradas nos programas assistenciais do GDF ou fizeram pedido no Centro de Referência de Assistência Social (Cras), e no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). A iniciativa teve um dos objetivos de atender à necessidade provisória até o reenquadramento social da família durante à Pandemia.

http://www.ceilandia.df.gov.br/2020/04/25/teste-em-massa-para-a-covid19-sera-realizado-a-partir-de-segunda-feira-27-em-ceilandia/

No dia 27 de abril, O Governo do Distrito Federal como medida no enfrentamento ao coronavírus realizou a testagem em massa, em Ceilândia. A ação atendeu à população que convive com pessoas do grupo de risco e também tiveram contato com paciente detectado com à Covid19 ou que apresenta sintomas de gripe e febre há mais de uma semana. A operação ainda continua na região.

http://www.ceilandia.df.gov.br/2020/05/12/populacao-de-ceilandia-ganha-mascara-contra-a-covid/

Desde que começou a distribuição de máscaras protetoras para à população cerca de 70 mil itens de proteção já foram entregues, em Ceilândia.

http://www.ceilandia.df.gov.br/2020/05/18/forca-tarefa-reune-diversos-orgaos-em-ceilandia/

No dia 18 de maio, foi iniciada a primeira força-tarefa do GDF na cidade para fiscalizar e orientar à população. Também houve a distribuição de máscaras. A ação contou com o apoio da Administração de Ceilândia, DF- Legal, do Departamento de Estradas e Rodagem (DER/DF), Diretoria de Vigilância Sanitária (Divsa), Secretaria de Transporte (Semob), Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), Polícia Militar (PMDF), Polícia Civil do DF,  Procon-DF; Detran-DF, Brasília Ambiental, Secretaria da Agricultura, Secretaria de Governo do DF.

http://www.ceilandia.df.gov.br/2020/05/25/administracao-de-ceilandia-realiza-acao-integrada-para-atender-a-populacao-em-situacao-de-rua/

No dia 25 de maio, a Administração de Ceilândia realizou uma ação integrada para atender à população em situação de rua. Cerca de 66 assistidos já foram encaminhados para o novo alojamento na cidade. A iniciativa visa acolher, encaminhar e garantir políticas públicas.

http://www.ceilandia.df.gov.br/2020/05/29/populacao-de-ceilandia-recebeu-mais-de-7-mil-mascaras-nesta-sexta-feira-29/

No dia 29 de maio, foi realizado um mutirão de entrega de máscara do Governo do Distrito Federal, em parceria com a Administração de Ceilândia e diversos órgãos do GDF, que contemplou à comunidade com 7 mil máscaras de proteção, no setor P´Sul.

http://www.ceilandia.df.gov.br/2020/05/31/mais-de-16-mil-mascaras-foram-entregues-para-a-populacao-de-ceilandia-neste-domingo-30/

No dia 31 de maio, mais uma ação do Governo do Distrito Federal em parceria com a Administração de Ceilândia e diversos órgãos do GDF realizaram uma força-tarefa no enfrentamento ao novo coronavírus na maior região do DF. Foram distribuídas cerca de 16 mil máscaras.

http://www.ceilandia.df.gov.br/2020/06/02/ceilandia-contra-o-coronavirus/

No dia 2 de junho, a Administração Regional se reuniu com diversos órgãos do GDF e percorreram os principais pontos da cidade, A operação foi uma das medidas adotadas no enfrentamento ao alto índice de casos na região. Houve a fiscalização e distribuição de máscaras protetoras para à comunidade.

http://www.ceilandia.df.gov.br/2020/06/03/a-administracao-regional-de-ceilandia-junto-com-a-gerencia-de-esporte-e-lazer-informa-a-toda-a-comunidade-que-a-partir-desta-quinta-feira-4-06-2020-todos-os-campos-sinteticos-serao-lacrados/

No dia 4 de junho, a Administração de Ceilândia lacrou os 16 campos sintéticos. A medida visa combater os altos índices de casos de coronavírus na cidade. Além seguir protocolo e recomendações das autoridades sanitárias.

https://www.metropoles.com/distrito-federal/saude-monta-gabinete-de-crise-e-nao-descarta-lockdown-em-ceilandia

No dia 4 de junho, foi montado na cidade um Gabinete Institucional para monitorar o comportamento dos moradores da cidade, bem como a curva de crescimento do coronavírus.

http://www.ceilandia.df.gov.br/2020/06/05/medidas-ja-sao-adotadas-para-combater-o-numero-de-casos-de-coronavirus-em-ceilandia/

No dia 5 de junho, integrantes do Gabinete Institucional visitaram as dependências do Hospital Regional de Ceilândia (HRC). A comitiva foi acompanhar de perto o espaço do novo hospital acoplado ao HRC com cerca de 70 leitos para atendimento aos pacientes infectados pelo coronavírus. O hospital da campanha – outra construção prevista para os próximos dias – também terá foco no atendimento aos pacientes de Covid-19 da região.

No dia 5 de junho, os Pontos de Encontro Comunitário (PECs) foram lacrados. A medida visa combater os altos índices de casos de coronavírus na cidade

http://www.ceilandia.df.gov.br/2020/06/05/ceilandia-unida-contra-o-coronavirus/

No dia 6 de junho, carros de som percorreram os principais pontos da região levando uma mensagem de conscientização, prevenção e informações de proteção contra à Covid 19. Também houve uma grande força-tarefa com diversos órgãos para fiscalizar e orientar à população. Cerca de 7,5 mil máscaras foram distribuídas para à comunidade.

https://www.metropoles.com/colunas-blogs/janela-indiscreta/um-dia-antes-de-restricoes-gdf-distribui-15-mil-mascaras-em-ceilandia

No dia 7 de junho, um dia antes de restrições, a Administração de Ceilândia distribuiu cerca de 15 mil máscaras para à comunidade. Equipe da administração alertou moradores e comerciantes sobre imposição do novo Decreto.

http://www.ceilandia.df.gov.br/2020/06/08/fiscalizacao-em-ceilandia-sol-nascente-por-do-sol-e-estrutural/

No dia 8 de junho, uma operação integrada de conscientização e fiscalização será realizada nas Regiões Administrativas de Ceilândia, Sol Nascente/Pôr do Sol e Estrutural, em decorrência do Decreto nº 40.872, publicado sábado (06). O documento estabelece a suspensão de atividades não essenciais, como atendimento ao público em shoppings centers, feiras populares e estabelecimentos comerciais de qualquer natureza, do funcionamento de parques e a prática de cultos ou missas de qualquer credo ou religião nas três cidades. Desta forma, até a próxima quarta-feira (10) as equipes irão percorrer as áreas urbanas e rurais das regiões. 

 

Força-tarefa de fiscalização, em Ceilândia

Mais um dia de operação envolvendo diversos órgãos do GDF no enfrentamento ao coronavírus na maior região do DF.

No início desta terça-feira (9), equipes da Administração de Ceilândia , as corporações que compõem a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (Polícias Civil e Militar, e o Corpo de Bombeiros Militar) prestaram auxílio ao DF Legal na fiscalização do movimento das cidades e de comércios. Ações irão continuar na cidade.

Equipes da Administração distribuíram cerca de 6,5 mil máscaras de proteção para os moradores do P Sul e P Norte. Carros de som também são uma das medidas utilizados pela administração local para concientizar a população sobre o uso de máscaras e o isolamento social e as restrições do comércio.

Também houve operação no combate ao mosquito Aedes transmissor da dengue, zica, chikungunya e febre amarela. Foram distribuídas cerca de 3 mil cartilhas de orientação de como evitar possíveis criadouros do mosquito da dengue para à população.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, ressaltou a importância dos cidadãos da cidade permanecerem em casa a fim de combater o vírus.

Fiscalização em Ceilândia, Sol Nascente/ Pôr do Sol e Estrutural

 

Cem servidores, de 14 instituições, participam da força-tarefa para reforçar o cumprimento das medidas restritivas nas três RAs

ROSI ARAÚJO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA | EDIÇÃO: ISABEL DE AGOSTINI

A partir desta segunda-feira (8), uma operação integrada de conscientização e fiscalização será realizada nas Regiões Administrativas de Ceilândia, Sol Nascente/Pôr do Sol e Estrutural, em decorrência do Decreto nº 40.872, publicado sábado (06). O documento estabelece a suspensão de atividades não essenciais, como atendimento ao público em shoppings centers, feiras populares e estabelecimentos comerciais de qualquer natureza, do funcionamento de parques e a prática de cultos ou missas de qualquer credo ou religião nas três cidades. Desta forma, até a próxima quarta-feira (10) as equipes irão percorrer as áreas urbanas e rurais das regiões. 

Força-tarefa fiscaliza cumprimento de medidas restritivas em Ceilândia, Sol Nascente/Pôr do Sol e Estrutural. Fotos: Divulgação DF Legal

Observou-se que a taxa de isolamento social diminuiu e os números de casos aumentaram nessas cidades. A ação tem caráter educativo para conscientizar a população, com mais de 100 servidores de 14 instituições, órgãos e agências do governo. Eles verificam se as medidas sanitárias, horários de funcionamento e distanciamento social estão sendo cumpridas.  

As ações começaram em abril e já percorreram todo o Distrito Federal. Neste momento, foi preciso reforçar a conscientização e fiscalização da obrigatoriedade do uso de máscaras, funcionamento de atividades econômicas e cumprimento das medidas do GDF.   

“Esta ação é de extrema importância para redução dos casos nestas regiões, pois o número de casos tem aumentado. Portanto, é importante a adoção dessas de medidas sanitárias por parte do Governo do Distrito Federal para minimizar a proliferação do vírus causador da Covid -19. O planejamento das ações foi feito de forma integrada com representantes de todos os órgãos envolvidos para otimização dos meios disponíveis e utilização de dispositivos legais de cada instituição”, explicou o secretário de Segurança, o delegado Anderson Torres.

O subsecretário da subsecretaria de Operações Integradas (Sopi), da SSP/DF, coronel Cristiano de Oliveira Souza, explicou que maioria das pessoas na abordagem acatam as recomendações. As exceções estão relacionadas às atividades comerciais realizadas por ambulantes. “Não é uma tarefa fácil, porque é recorrente retirar os ambulantes e depois eles voltarem. Mas em 99% das ações têm sido como o esperado e com resultados favoráveis”, afirmou o subsecretário.   

Segundo a Secretaria DF Legal, a fiscalização da manhã foi tranquila.  Os números parciais da operação são três interdições no Sol Nascente/ Pôr do Sol, uma na Estrutural de estabelecimentos que não estão autorizados a funcionar. O vigilante Armindo Rodrigues disse que as pessoas em Ceilândia não estão respeitando as orientações. “Isso é tão sério. Mas com esse pente fino do governo vai melhorar”, afirmou o vigilante. 

Outro morador da região, Vinicius Brito comentou que as pessoas estão encarando a quarenta como férias, por isso muitos casos. “É importante voltar a fechar os serviços que não são essenciais, se não houver uma conscientização por parte das pessoas virão medidas mais duras por aí”, completou Brito. 

Força-tarefa

Sob a coordenação da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF), participam da Operação as forças de segurança –  Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Detran/DF – e servidores da Saúde, DF Legal, Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, Departamento de Estradas e Rodagens (DER/DF), Instituto Brasília Ambiental (IBRAM) e administrações regionais das cidades. Subsecretaria de Fiscalização, Auditoria e Controle – SUFISA e as secretarias Executiva das Cidades SECID, de Agricultura (SEAGRI), e de Economia do Distrito Federal (SEEC – Receita-DF). Todos integrados em reunir esforços nos eixos de segurança, fiscalização e prestação de serviços públicos.

População de Ceilândia recebeu mais de 15 mil máscaras, neste domingo (7)

 

Os itens de proteção foram e entregues aos moradores do Setor O e Expansão. 

 

Equipes da Administração de Ceilândia,  Secretarias das Cidades e de Governo, além de lideranças comunitárias distribuíram  cerca de 15 mil máscaras de proteção para os moradores do Setor O e Expansão, neste domingo (7).  O objetivo da força-tarefa foi alertar toda comunidade sobre a importância de seguir as recomendações das autoridades sanitárias de manter o distanciamento social e seguir todos os protocolos recomendados como o uso de máscara de proteção e higienização das mãos sempre que possível.

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, também percorreu as ruas e avenidas dos setores e realizou a distribuição de máscaras e orientou à população sobre os cuidados que se deve tomar para evitar o coronavírus na cidade. " Estou indo na comunidade e nos comerciantes e pedido que colaborem com as medidas adotadas pelo GDF para combater o número de casos de coronavírus em Ceilândia! Sabemos que o momento é delicado, mas nosso maior compromisso são com as vidas. Só com a ajuda e conscientização de todos é que vamos vencer essa pandemia!", ressalta Marcelo Piauí.

Também uma das medidas adotadas pela Administração de Ceilândia no enfrentamento ao coronavírus foi a interdição dos Pontos de Encontro Comunitário (PECs). Todos os 16 campos sintéticos foram lacrados na cidade.

 

 

 

Medidas já são adotadas para combater o número de casos de Coronavírus, em Ceilândia

 

Nesta sexta-feira (5), integrantes do Gabinete Institucional visitaram as dependências do Hospital Regional de Ceilândia (HRC). O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, o secretário de saúde Francisco Araújo e a Superitendente de Saúde da Região Oeste dra. Lucilene Florêncio.

A comitiva foi acompanhar de perto o espaço do novo hospital acoplado ao HRC com cerca de 70 leitos para atendimento aos pacientes infectados pelo coronavírus. O hospital da campanha – outra construção prevista para os próximos dias – também terá foco no atendimento aos pacientes de Covid-19 da região.

Outra medida adotada para conter o avanço do coronavírus na região, foi interditar os Pontos  de Encontro Comunitários (PEC), além de todos os campos sintéticos da cidade.

Ceilândia unida contra o coronavírus

 

A Administração Regional de Ceilândia  em parceria com diversos segmentos da cidade entre blogueiros, artistas, comunidade e empresários uniram forças contra o coronavírus na região mais populosa do DF. A partir deste sábado (6), trios elétricos com telão de led percorrerão os principais pontos da região levando uma mensagem de conscientização, prevenção e informações de proteção contra à Covid 19.

Os veículos transitarão em locais com aglomeração de pessoas e com o alto índice de números de casos registrados da Covid19, e contarão com especialistas infectologistas, que orientarão à população.   O objetivo da ação é alertar toda comunidade sobre a importância de seguir as recomendações das autoridades sanitárias de manter o distanciamento social e seguir todos os protocolos recomendados como o uso de máscara de proteção e higienização das mãos sempre que possível. 
Também equipes da Administração de Ceilândia realizarão a distribuição de máscaras de pano para à população e darão as orientações de como usar corretamente o item de segurança. 

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, diz que a união de toda à comunidade e os mais diversos segmentos da sociedade juntos poderão combater essa pandemia na cidade. “ Estamos unindo forças contra o coronavírus em Ceilândia. Eu peço a compreensão de todos, para que permaneçam em suas casas e evitem aglomerações e só saiam quando necessário e tomando todas as medidas de prevenção como usando máscara de proteção”, ressalta Marcelo Piauí. 
A operação realizada nas cidades conta com o apoio das Administrações Regionais, DF- Legal, do Departamento de Estradas e Rodagem (DER/DF), Diretoria de Vigilância Sanitária (Divsa), Secretaria de Transporte (Semob), Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), Polícia Militar (PMDF), Polícia Civil do DF, Procon-DF; Detran-DF, Brasília Ambiental, Secretaria da Agricultura, Secretaria de Governo do DF.

Serviço:
Concentração: Administração Regional de Ceilândia, QNM 13 Área Especial
Horário: a partir das 9h
Data: 6 de junho

Administração de Ceilândia vai lacrar campos sintéticos a partir desta quinta-feira (4)

 

A medida visa combater os altos índices de casos de coronavírus na cidade. Além seguir protocolo  e recomendações das autoridades sanitárias

 

A Administração Regional de Ceilândia junto com a Gerência de Esporte e Lazer informa a toda à comunidade que, a partir desta quinta-feira (4/06), todos os campos sintéticos serão lacrados. A medida visa combater os altos índices de casos de coronavírus registrados na cidade, além de seguir o Decreto Distrital que proíbe a aglomeração de pessoas enquanto durar à pandemia.

A Administração ressalta que é importante que a população compreenda, e colabore, já que todas essas ações visam a prevenção à proliferação do coronavírus e o cuidado com a saúde dos cidadãos ceilandenses.

Desde março quando foi proibido a aglomerações de pessoas e atividades de lazer, a Administração fechou os locais com correntes e cadeados, mas foram arrombados. Ao todo 16 espaços serão fechados. A operação começará pelo campo sintético da Praça dos Eucaliptos, localizado na QNM 14, Ceilândia Norte.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, esclarece que as ações do GDF no combate ao coronavírus na cidade têm sido realizadas diariamente, e foram adotados protocolos recomendados pelas autoridades sanitárias. Além da distribuição de mais de 40 mil máscaras laváveis para à população, também foram instalados pontos de testes rápidos em locais estratégicos da cidade.

“ Desde o começo da pandemia realizamos a higienização e sanitização de feiras, escolas, delegacias e o Hospital de Ceilândia e nos principais pontos da região. Além disso, desde sábado estamos colocando carros de som para orientar à população dos cuidados contra o coronavírus. Estamos realizando constantemente com o GDF operações de orientação e fiscalização dos comércios e moradores.

Mas para combater o coronavírus é preciso que as pessoas colaborem e não saiam de suas casas sem necessidade. E quando sair tomar todos os cuidados como usar máscara e sempre que possível e higienizar as mãos. Temos que tirar Ceilândia das tristes estáticas do coronavírus. Só com a ajuda da população é que iremos atravessar esse período tão delicado”, ressalta Marcelo Piauí.

 

 

Ceilândia contra o Coronavírus

A Administração Regional se reuniu com diversos órgãos do GDF e percorreram os principais pontos da cidade, nesta terça-feira (2). A ação visa adotar medidas para o enfrentamento no combate ao alto índice de casos na região

 

O Governo do Distrito Federal em parceria com as Administrações Regionais de Ceilândia, Pôr do Sol e Sol Nascente, Samambaia, Estrutural, e com diversos órgãos do GDF realizaram nesta terça-feira (20), uma comitiva que percorreu os principais pontos das regiões administrativas para mapeamento, que ajudará na tomada de ações estratégicas no combate a disseminação do coronavírus nas cidades.    

A ação de hoje é uma das medidas adotadas pelo GDF para instalar o gabinete de crise em reação ao alto índice dos números de casos da Covid19 registrados nas regiões administrativas. As medidas serão tomadas em alinhamento com o Governo do Distrito Federal na construção de ações estratégicas que visem à prevenção junto à comunidade ceilandense no combate e enfrentamento ao coronavírus.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, esclarece que as ações do GDF no combate ao coronavírus na cidade têm sido realizadas diariamente, e foram adotados protocolos recomendados pelas autoridades sanitárias. Além da distribuição de mais de 40 mil máscaras laváveis para à população, também foram instalados pontos de testes rápidos em locais estratégicos da cidade.

“ Desde o começo da pandemia realizamos a higienização e sanitização de feiras, escolas, delegacias e o Hospital de Ceilândia e nos principais pontos da região.  Além disso, desde sábado estamos colocando carros de som para orientar à população dos cuidados contra o coronavírus.  Estamos realizando constantemente com o GDF operações de orientação e fiscalização dos comércios e moradores.

 Mas para combater o coronavírus é preciso que as pessoas colaborem e não saiam de suas casas sem necessidade. E quando sair tomar todos os cuidados como usar máscara e sempre que possível e higienizar as mãos. Temos que tirar Ceilândia das tristes estáticas do coronavírus. Só com a ajuda da população é que iremos atravessar esse período tão delicado”, ressalta Marcelo Piauí.

A comitiva contou com a presença do Secretário de Governo do DF, José Humberto Pires. “Neste primeiro momento a visita in loco nas cidades vai ajudar na tomada das decisões, e quais estratégias mais enérgicas poderão ser adotadas para frear o número de casos”, diz o secretário.

A operação realizada nas cidades conta com o apoio das Administrações Regionais, DF- Legal, do Departamento de Estradas e Rodagem (DER/DF), Diretoria de Vigilância Sanitária (Divsa), Secretaria de Transporte (Semob), Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), Polícia Militar (PMDF), Polícia Civil do DF, Procon-DF; Detran-DF, Brasília Ambiental, Secretaria da Agricultura, Secretaria de Governo do DF.

vídeos: Josiel Ferreira

 

Mais de 16 mil máscaras foram entregues para à população de Ceilândia, neste domingo (30).


Mais uma ação do Governo do Distrito Federal em parceria com a  Administração de Ceilândia e diversos órgãos do GDF realizaram neste domingo (31), uma forca-tarefa no enfrentamento ao novo coronavírus na maior região do DF.

A operação  percorreu os principais pontos da cidade com o maior índice de pessoas infectadas pelo coronavírus,  conforme
mapeamento da  Superintendência em Saúde da Região Oeste, além de espaços com maior circulação  e aglomerações de pessoas como feiras e avenidas comerciais. 

Durante a operação foram distribuídas cerca de 16 mil máscaras protetoras e laváveis para à comunidade ceilandense. Além disso, equipes realizaram a fiscalização e  orientaram os cidadãos sobre os cuidados para combater à Covid 19, e de como utilizar de forma correta o item de proteção.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, esclarece que as ações do  GDF no combate ao coronavírus na cidade têm sido realizadas diariamente. " Desde o começo da pandemia adotamos protocolos recomendados pela autoridades sanitárias. Também  instalamos os testes rápidos em pontos estratégicos de Ceilândia para atender à população. Além disso, já distribuímos cerca de 40 mil máscaras de proteção para à comunidade. Mas para combater o coronavírus é preciso que as pessoas colaborem e não saiam de suas casas sem necessidade. E quando sair tomar todos os cuidados  como usar máscara e sempre que possível higienizar as mãos. Com a ajuda de todos vamos atravessar esse período tão delicado", enfatiza Marcelo Piauí.

A força-tarefa do GDF  contou com o apoio da Administração de Ceilândia, DF- Legal, do Departamento de Estradas e Rodagem (DER/DF), Diretoria de Vigilância Sanitária (Divsa), Secretaria de Transporte (Semob), Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), Polícia Militar (PMDF), Polícia Civil do DF,  Procon-DF; Detran-DF, Brasília Ambiental, Secretaria da Agricultura, Secretaria de Governo do DF.

Motorista embriagado  destroe PEC, no  P Sul 


A depredação do patrimônio público ocorreu na madrugada deste sábado (30).

 

A Administração Regional  de Ceilândia informa quanto a destruição do Ponto de Encontro Comunitário (PEC), localizado na QNP 18, no P Sul, ocorrida na madrugada deste sábado (30), que adotará todas as medidas cabíveis para identificar e cobrar no rigor da Lei as sensações a autor da depredação do patrimônio público. 


A Administração de Ceilândia  condena veementemente tais atos e pede que à população preserve e fiscalize o patrimônio público da cidade, que é de todos nós, e denuncie tais atos para os órgãos competentes.
A cidade é a nossa casa, somos todos responsáveis por ela. 


O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, diz que a Administração de Ceilândia, e o Governo do Distrito Federal não têm medido esforços para levar melhorias e obras continuamente a toda à comunidade,  entretanto, atos irresponsáveis  de alguns cidadãos vêm atrapalhando o bom andamento das ações e que direção e álcool pode  ocasionar em mortes " A maior cidade do DF merece respeito! Alguns cidadãos insistem em desrespeitar a lei e denegrir a cultura e a imagem da nossa Ceilândia ,  gerando prejuízos aos cofres públicos e para a própria comunidade onde vivem. Estamos integrados com as polícias Civil e Militar da região  e não vamos aceitar e tolerar esse tipo de depredação do patrimônio público. Já estamos adotando todas as medidas cabíveis para identificar os autores da destruição da PEC do P Sul. Esse tipo de  crime não ficará mais impune em nossa cidade. Juntos, podemos construir a Ceilândia  que queremos", enfatiza Marcelo Piauí.

Um boletim de ocorrência já foi realizado pela Administração na 23 Delegacia de Polícia. As autoridades competentes já estão em investigando a autoria da destruição da PEC.

População de Ceilândia recebeu mais de 7 mil máscaras nesta sexta-feira (29)

 

A força-tarefa em parceria com a Administração Regional e diversos órgãos do GDF contemplaram à comunidade do P Sul. Neste sábado (30), a operação contemplará o setor QNR.

 

O mutirão de entrega de máscara do Governo do Distrito Federal, em parceria com a Administração de Ceilândia e diversos órgãos do GDF contemplou nesta sexta-feira (29), à comunidade do setor P´Sul. Cerca de 7 mil itens de proteção foram entregues para os moradores da região.  Neste sábado (30), a operação contemplará o setor QNR.

A operação é para conscientizar, fiscalizar e, de forma educativa, orientar os ceilandendes sobre a importância do uso da máscara como uma das medidas adotadas pelo GDF no combate à Covid19. A ação além de contar com servidores de diversos órgãos, também teve a participação das lideranças comunitárias do P Sul.

A moradora do P Sul Luzia Pereira da Silva, de 44 anos, diz que a iniciativa é muito importante, além de receber orientação de como se proteger do coronavírus, também recebeu uma máscara de proteção. “ O Governo ir nas ruas e distribuir o item de proteção para a população mais carente em meio essa pandemia, mostra o compromisso das autoridades em querer ajudar à comunidade de Ceilândia. Tenho uma filha e no momento não estou trabalhando, só pelo fato de receber o kit de proteção me sinto mais acolhida e com a sensação de ser vista”, conta agradecida a moradora.

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, diz que as medidas adotadas pelo GDF no combate à Covid19 na cidade mais populosa do DF, vai continuar. " O Governo está fazendo sua parte distribuindo máscaras à população e orientando sobre os cuidados que devemos que tomar para diminuir a propagação do vírus na nossa cidade. Eu também faço um apelo a toda à comunidade, que fiquem em casa e que não saiam sem necessidade. Só com a conscientização dos moradores é que vamos venceu essa pandemia. Para isso cada um deve fazer sua parte ", enfatiza Marcelo Piauí.

A operação vai contou com o apoio da Administração de Ceilândia, DF- Legal, Diretoria de Vigilância Sanitária (Divsa), Secretaria de Transporte (Semob), Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), Polícia Militar (PMDF), Procon-DF; Detran-DF, Brasília Ambiental, Secretaria da Agricultura, Secretaria de Governo.

 

Cerca de 136 toneladas de lixo e entulho foram retiradas, em Ceilândia

Em apenas um dia de operação, realizada nesta terça-feira(26),  equipes da Administração de Ceilândia  recolheram cerca de 136 toneladas de lixo e entulho de áreas públicas da cidade. 

A iniciativa visa combater locais própicios a proliferação do mosquito  Aedes aegypti,  que transmite a dengue, Zika, Chikungunya, além da febre amarela.

O Administrador de Ceilândia,  Marcelo Piauí, alerta sobre os cuidados que à comunidade deve ter ao descartar lixo em locais inapropriados. " Estamos na época da estiagem e quando começar a chover, o lixo é o grande responsável em entupir bocas de lobos e, consequente contribui para as enxurradas. Estamos fazendo nossa parte, mas só o poder público não é suficiente para acabar com o lixo das ruas da nossa cidade. Cada um deve fazer sua parte! Além disso,  quem for pego sujando área pública poderá ser encaminhado à delegacia e responder por crime ambiental conforme legislação vigente", enfatiza Marcelo Piauí.  

Também equipes atuaram na realização de serviços de manutenção asfáltica e reparos na tubulação de águas pluviais da QNP 05, no P Norte, mais uma demanda atendida pela Administração de Ceilândia em parceria com a Novacap e do Programa GDF Presente do Polo Oeste.

Cerca de 7 toneladas de massa asfáltica foram usadas só hoje na recuperação de ruas e vias de Ceilândia.

Confira o que foi realizado:

Recuperação asfáltica na QNP,  15, P Sul

Raspagem de campo na QNP 28 Setor Psul;

Recolhimento de móveis em desuso , na QNM 03, em Ceilândia Sul, e QNP 11;

Limpeza e higienização na Feira Central;

Remoção de entulhos na EQNO 17/18 e 18/19,  Expansão do Setor O;

Recuperação de Rede de Águas Pluviais na Via P2 Norte em frente a QNP 5;

Remoção de entulhos na QNM 27 Área  Especial,   Ceilândia Sul.

Administração de Ceilândia realiza ação integrada para atender à população em situação de rua

 

Cerca de 66 assistidos já foram encaminhados para o novo alojamento na cidade. A iniciativa visa acolher, encaminhar e garantir políticas públicas.

 

A administração Regional de Ceilândia tem realizado, em diversos  pontos da cidade,  o acolhimento a moradores em situação de rua e  encaminhado  a serviços socioassistenciais do Governo do Distrito Federal.  O principal objetivo da ação é atender a população de rua com políticas públicas, como serviço médico,  encaminhamento para clínicas de reabilitação e até mesmo o retorno ao convívio familiar.

A medida é coordenada pelo Núcleo de Políticas Sociais da Administração de Ceilândia, que recebeu notificações da comunidade sobre pessoas  que viviam nas localidades entre a Guariroba, P Sul e nas mediações do restaurante comunitário de Ceilândia. 

 *Acolhimento* – Atualmente os serviços apresentam abordagens sistemáticas, nas ruas e pontos de concentração onde vivem essa população, por profissionais amplamente capacitados da Administração,  encaminhando-os para os núcleos de serviços e convivência e também para o novo alojamento montado no Estádio Regional de Ceilândia. O abrigo provisório é uma das medidas adotadas pelo GDF no enfrentamento ao novo coronavírus.  . 

Atualmente das 200 vagas oferecidas no alojamento, 66 já estão ocupadas. 

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, explica  que são muitas as causas que caracterizam a população em situação de rua, como vínculos familiares rompidos, inexistência de endereço fixo,  insuficiência de renda, além da dependência de drogas. 

"É importante ressaltar que as pessoas são convidadas a irem para o novo alojamento, mas, não são obrigadas a aceitar o encaminhamento. Em casos de recusa por problemas de saúde física ou mental, os profissionais acionam o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), por meio da Central 192, visando garantir acesso ao socorro, registrando em relatórios todas as providências tomadas. Estamos atentos em ajudar a quem mais precisa, dando dignidade a essas pessoas", enfatiza Marcelo Piauí. 

As ações contam com a parceria da Secretaria de Desenvolvimento Social do DF,  de equipes da Administração de Ceilândia, do Hospital Regional de Ceilândia e da Polícia Militar e o DF Legal, que garantem o apoio às operações. A previsão é que novas ações sejam feitas na cidade na medida em que haja a necessidade e a demanda da comunidade.

Além do atendimento da população de rua, o Núcleo de Políticas Sociais da Administração de Ceilândia também atende e acompanha pessoas em situação de risco e vulnerabilidade social.

 

Campos sintéticos do P Sul ganham novas lâmpadas e refletores. 


Mais uma demanda da comunidade esportiva do P Sul atendida!

Lâmpadas e refletores foram trocados dos campos sintéticos das quadras da QNP 26 e 32 do P Sul. 

Os vidros de proteção das lâmpadas  também passaram por limpeza  garantindo iluminação adequada e mais segurança. 
O pedido das benfeitorias foi realizado pela Administração Regional de Ceilândia junto à CEB, que prontamente executou os serviços nos espaços.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, diz que está atendo as demandas da cidade e tem buscado o diálogo e a parceria dos órgãos para trazer melhorias para a cidade. " Diariamente tenho levado os interesses de Ceilândia para órgãos competentes, além de acompanhar de perto a execução das benfeitorias para à comunidade ceilandense. Nosso intuito é reformar diversas quadras esportivas da cidade, oferecendo para população espaços seguros para a pratica esportiva", enfatiza Marcelo Piauí.

Governador visita a construção da nova UPA, em Ceilândia

 

A nova unidade irá contemplar os moradores do Setor o, Expansão, Condomínio Privê, QNQ, QNR, trecho 3 do Sol Nascente e a área rural. A previsão é que sejam atendidas cerca de 4,5 pessoas por mês

 

Na manhã deste sábado (23), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, conferiu de perto o andamento da construção da nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na QNO 21 do Setor O.  A visita contou com a presença do secretário de saúde Francisco Araújo e do chefe de gabinete da Administração Cleber Monteiro.

A unidade terá capacidade de atendimento de 4,5 mil pessoas por mês. Serão mais 42 leitos de observação,14 de emergência e 7 isolamentos. A UPA de Ceilândia também contará com médicos. São aproximadamente 1,2 mil metros quadrados de área construída.

O espaço também contempla uma área para classificação de risco e primeiro atendimento; três consultórios; duas salas de urgência; seis de observação e um de isolamento. Também haverá espaço destinado para nove poltronas de medicação, reidratação e inalação.

Ibaneis Rocha contou que a nova obra além de gerar renda e emprego para à população, também vai contemplar diversos setores de Ceilândia. “ A nova UPA vai reforçar o entendimento na rede pública de Ceilândia! Os  moradores do Setor o, Expansão, Condomínio Privê, QNQ, QNR, Trecho 3 do Sol Nascente a área rural serão beneficiados diretamente com a nova obra. A previsão é que a UPA seja entregue em dezembro”, ressaltou Ibaneis Rocha.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, conta que tem buscado soluções e parcerias juntamente com autoridades e o Governo de Brasília para ofertar um atendimento de qualidade e eficiência no sistema público de saúde da cidade. “ Nos últimos meses conseguimos trazer diversos médicos para Ceilândia. A questão da saúde pública tem sido uma das prioridades deste Governo para a cidade. Construir a nova UPA e o os hospitais de campanha e da criança na maior região do DF, é contribuir diretamente para a qualidade de vida da população local, além oferecer cobertura na área de saúde para quem mais precisa”, ressaltou Marcelo Piauí.

Melhorias no Hospital de Ceilândia

A região de Ceilândia tem dado um salto nos últimos meses quando o assunto é saúde pública. Em parceria com a Administração Regional e diversos órgãos do DF, o Hospital Regional de Ceilândia (HRC), tem recebido diversas melhorias na infraestrutura.

Equipes da Administração realizaram nesta semana a roçagem e limpeza da área externa da instituição, além de fazer o pedido para o Detran, executar a pintura e marcação do estacionamento do hospital, que já foi realizada.

Além da reforma que acontece na área interna, o GDF tem tomados as medidas no enfrentamento à Covid19 no Hospital. Nesta semana, já foram realizadas duas operações de sanitização feitas por equipes do Exército e do Programa Sanear DF.

O hospital também foi contemplado com a pintura e revitalização das fachadas, além da reforma do lactário e a readequação de leitos no pronto-socorro e a revitalização da antiga casa de máquinas da caldeira, que agora abriga a Gerência de Pessoas e o Núcleo de Nutrição.

No HRC, também foram feitas a readequação de salas administrativas para acomodar melhor os servidores; a correção de infiltrações e a pintura do auditório, localizado na ala de Pediatria da unidade hospitalar.

Fomento e desenvolvimento do esporte, em Ceilândia

Administração Regional, Secretaria de Esporte e o GDF firmam parcerias para a realização de reformas de quadras e a manutenção de espaços para a pratica esportiva na região

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, recebeu a deputada Federal e atual Secretária de Esporte do Distrito Federal Celina Leão, nesta sexta-feira (22). O encontro contou com a presença de representantes da Federação de Futebol do DF, e donos de academia da cidade. O objetivo foi discutir e ouvir as demandas do setor, além de contribuir para o desenvolvimento e fomento do esporte na maior cidade do DF.

Durante o encontro foram apresentadas propostas e parcerias com a Administração Regional, Secretaria de Esporte e o GDF para a melhoria e revitalização dos espaços esportivos de Ceilândia como a reforma de quadras esportivas, implantação de novos pontos comunitários (PECs), campos de grama sintética, manutenção de ginásios e os Centros Olímpicos, além do Estádio Regional de Ceilândia.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, diz que uma das prioridades na gestão pública local, é contribuir e desenvolver área esportiva na cidade. Para isso, ele tem buscado parcerias com o Governo e a Secretaria de Esporte para fomentar e incentivar a pratica de atividade física na região.
“Sabemos que o esporte é ferramenta de transformação social! Ceilândia precisa resgatar sua identidade e os projetos sociais ligados ao esporte. Temos diversos esportistas na cidade e precisamos valorizar essas pessoas. Além disso, estamos iniciando a reforma de várias quadras esportivas na região. Nosso intuito é fazer a manutenção desses espaços e realizar jogos, campeonatos e também trazer ligas esportivas de diversas modalidades para nossa cidade”, enfatiza Marcelo Piauí.

Marcelo Piauí também explica que a pratica esportiva na cidade contribui diretamente para diminuição dos índices de violência, além do desenvolvimento de crianças, adolescentes, jovens e idosos, utilizando o esporte como meio de socialização, inteiração e educação. “Podemos colocar Ceilândia no cenário nacional no quesito esportivo. Somos uma das maiores cidades do Brasil. Imagine quanta gente talentosa temos aqui! O esporte ajuda na formação dos cidadãos principalmente quando você é criança! Nosso objetivo é firmar parcerias com os projetos sociais já existentes na cidade e atender as pessoas mais carentes”, esclarece Marcelo Piauí.

Celina Leão ressalta que a pratica regular de atividades físicas além de cumprir seu papel social, também é uma política de saúde pública, já que pode prevenir doenças como ansiedade, depressão e diversos outros problemas. “Investir no esporte é você ter uma cidade mais segura, desenvolvida, além de garantir qualidade de vida para as pessoas! Nossa missão como gestores é fomentar e contribuir para que Ceilândia seja exemplo a ser seguido em outras cidades. Vamos lutar para que as áreas de esportes usadas pela comunidade estejam em condições de receber seus usuários com conforto e segurança”, afirmou a secretária.

Administrador visita Hospital Regional de Ceilândia (HRC)

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, visitou nesta quinta-feira (21), o Hospital Regional de Ceilândia (HRC) para tratar da Saúde com a Superintendente da  região Oeste, a Dra.Lucilene Florêncio e a equipe de trabalho da instituição.

Marcelo Piauí  percorreu todo o hospital para averiguar a real situação em que se encontra a instituição  e conversou com pacientes e profissionais da saúde. Apesar  das inúmeras melhorias que já ocorreram na estrutura do  local, o administrador  se prontificou a buscar  meios de facilitar o trabalho e melhorias  dos profissionais que atuam no espaço e também para os pacientes que necessitam de hospitalidade, conforto e melhor atendimento. " Estamos atentos a essa área tão sensível que é a saúde. Já conseguimos trazer nos últimos meses diversos médicos para a cidade tanto na área urbana como na rural. O Governo do Distrito Federal vai iniciar  a construção do novo hospital de Ceilândia, além do Hospital de Campanha, as novas obras ajudarão à comunidade ceilandense a ter mais acesso, celeridade e qualidade no atendimento" , enfatiza Marcelo Piauí.

Cerca de 110 toneladas de lixo são retiradas de Ceilândia 

A operação além de manter a cidade mais limpa, também visa combater focos do mosquito da dengue 


Equipes da Administração Regional de Ceilândia, em três dias de operação,  retiraram   mais de 110 toneladas de lixo e entulho de áreas públicas da cidade.

A ação segue o cronograma de limpeza e melhoria na infraestrutura da maior região do DF. Os serviços são realizados diariamente e visa combater principalmente locais própicios a proliferação  do mosquito da dengue. 

Dos espaços públicos são retirados todo tipo de resíduos como sofás velhos, pneus, resto de construção, garrafas  e até lixo eletrônico.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí,  conta que toda comunidade ceilandense deve contribuir e fazer sua parte, não descartando o lixo de maneira irregular e que também denuncie os sujões. "É
necessário que todos se conscientizem! O Governo está cuidando da saúde das
pessoas ao manter a região limpa. A partir de agora vamos adotar medidas
mais duras para quem for pego sujando as ruas da nossa cidade”, enfatiza.


A Administração ressalta quem for pego sujando área pública poderá ser
encaminhado à delegacia e responder por crime ambiental conforme legislação
vigente. A iniciativa também contará com o apoio da Policia Militar e do DF
Legal.

*Legislação*

A legislação vigente referente à Fiscalização de Limpeza Pública prevê a
aplicação de multas para quem for pego jogando lixo em área pública que
pode variar de R$ 114 a R$ 11 mil. Além disso, é considerado crime
ambiental o descarte irregular  qualquer tipo de resíduo, seja domiciliar,
comercial, industrial, entulho de obra. 

Confira o que foi realizado:

Remoção de entulho na QNM 27 Área  Especial, Ceilândia Sul;
 
Higienização  da Feira Permanente do P Norte;

Limpeza  na QNM 12 Área  Especial,  

Remoção de entulho na QNM 27, Ceilândia Sul;

Roçagem do mato, Hospital Regional de Ceilândia;

Limpeza e manutenção de boca de lobo na EQNP 13/17 P N orte;

Recolhimento de galhos na Via P 2, P Norte.

 

 

Melhorias para a saúde em Ceilândia

Em busca de melhorias para a cidade mais populosa do Distrito Federal, o administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, se encontrou com o secretário de saúde Francisco Araújo Filho, nesta quarta-feira (20). Na pauta Marcelo Piauí levou as demandas da cidade na área da saúde entre elas a nomeação de mais médicos, a construção do novo  hospital de Campanha, e do Hospital de apoio, além  de acompanhar o andamento da nova  UPA de Ceilândia.

Marcelo Piauí ressalta que tem procurado acompanhar pessoalmente o atendimento e as demandas na rede  pública de saúde de Ceilândia. " Estamos atentos a essa área tão sensível que é a saúde. Já conseguimos trazer nos últimos meses dezenas de médicos para a cidade tanto na área urbana como na rural. Também vamos iniciar a construção do novo hospital de Ceilândia, além do Hospital de Campanha, as novas obras ajudarão à comunidade ceilandense a ter mais acesso,  celeridade e qualidade no atendimento" , enfatiza Marcelo Piauí. 
O Administrador também diz que  constantemente tem buscado diálogo com diversas secretarias e órgãos do GDF na busca do desenvolvimento na infraturuura e a melhoria  de  serviços públicos para à população ceilandense.

A administradora do Riacho Fundo I, Ana Lúcia Melo,  também esteve no encontro conjunto, realizado no Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGESDF).

 

 

Operação Tapa Buracos continua, em Ceilândia

 

Cerca de 18 toneladas de massa asfáltica foram usadas na manutenção de ruas e avenidas. Equipes da Administração também realizaram serviços de limpeza de áreas públicas e recuperação de boca de lobo

 

 A maior região do Distrito Federal é contemplada com mutirão de melhoria na infraestrutura. Ruas e avenidas de Ceilândia receberam serviços da operação tapa- buracos, retirada de lixo e entulho de áreas públicas, além de desobstrução de boca de lobo. O estacionamento externo da Feira do P Norte também recebeu recuperação asfáltica. A iniciativa conta com equipes de trabalho da Administração, terceirizadas e da Novacap.    .

Em dois dias de operação cerca de 18 toneladas de massa asfáltica foram usadas. O esquema de prioridade de atendimento segue a seguinte ordem: vias principais e secundárias. O cronograma das ações segue as demandas emergenciais solicitadas pela população por meio da Ouvidoria 162.

Segundo o administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, o mutirão na região é para dar mais celeridade e respostas mais rápidas às demandas da comunidade, além de manter as melhorias na infraestrutura da cidade. “Estamos cuidando da nossa Ceilândia! Os serviços são diários e atende as mais diversas áreas tanto urbana como rural. Nossa meta é melhorar trechos comprometidos do asfalto, dando condições de tráfego para motoristas e pedestres”, frisa Marcelo Piauí.

Confira o que foi realizado:

 

Recuperação asfáltica na QNM 24, Ceilândia Norte;

Recuperação asfáltica no balão de acesso à via 01, Setor O;

Recuperação asfáltica na Via de ligação 04 para o 05, Setor;

Recuperação asfáltica no estacionamento externo da Feira do P Norte;

Recuperação asfáltica Av. P 01 P Norte;

Limpeza e manutenção de boca de lobo na EQNP 8/12, P Norte;

Remoção de entulhos na QNN 38, Ceilândia Sul;

Remoção de entulhos na QNM 26 Via M3, Ceilândia Norte;

Manutenção e substituição de tampa de PV por concreto na QNM 37 Área Especial;

Remoção de entulho no Hospital Regional de Ceilândia (HRC);

Recuperação de estrada vicinal no núcleo Rural Incra 09 gleba 03.

Administração fortalece parceria com subseção de Ceilândia (OAB/DF)

A Administração Regional de Ceilândia   recebeu nesta terça-feira (19), o  conselheiro da OAB/DF, dr. Newton Rubens de Oliveira, e o presidente da OAB Subseção de Ceilândia dr. Leonardo Alves Rabelo.  

A reunião teve como um dos objetivos firmar parcerias e fortalecer ainda mais o papel da entidade na maior região administrativa do DF. Além disso, o encontro permitiu a  integração  e a cooperação da entidade em desenvolver  projetos e  ações para atender à comunidade ceilandense nas mais diversas áreas, principalmente a social e de assistência jurídica.  

O chefe de gabinete de Ceilândia, Cleber Monteiro, explica que o intuito é integrar as mais diversas entidades da cidade, em busca de diálogo e promover políticas públicas de interesse do cidadão ceilandense " Estamos na atual gestão integrando todos as entidades e órgãos importantes para desenvolver Ceilândia. O intuito é levar as demandas de áreas mais sensíveis para que possamos trazer as soluções viáveis e de forma  abrangente, principalmente aqueles que mais precisam", destaca Cleber Monteiro. 

A reunião contou com a presença do chefe de gabinete da Administração Cleber Monteiro, a chefe da assessoria técnica dra. Arlete Gondar, e o assessor especial Aderval Andrade.

https://www.facebook.com/313328379531297/posts/608092570054875/?substory_index=0

Força-tarefa em Ceilândia 


Ceilândia recebeu, nesta segunda-feira (18), a  força-tarefa  do Governo do Distrito Federal para conscientizar,  fiscalizar e, de forma educativa,  orientar os ceilandendes sobre a importância do uso da máscara como uma das alternativas no combate à Covid19. Também houve a distribuição de máscaras para à população. 


A utilização de máscaras é obrigatória em  espaços públicos, vias públicas, equipamentos de transporte público coletivo e estabelecimentos comerciais, industriais e de serviços no DF.

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, diz que as medidas adotadas pelo GDF no combate à Covid19 na cidade mais populosa do DF, vai continuar nos próximos dias. " O Governo está fazendo sua parte distribuindo máscaras à população e orientando sobre os cuidados que devemos que tomar para diminuir a propagação do vírus na nossa cidade. Eu também faço um apelo a toda à comunidade, que fiquem em casa e que não saiam sem necessidade. Só com a conscientização dos moradores é que vamos venceu essa pandemia. Para isso cada um deve fazer sua parte ", enfatiza Marcelo Piauí. 


A operação conta com o apoio da Administração de Ceilândia,  DF- Legal,  Diretoria de Vigilância Sanitária (Divsa), Secretaria de Transporte (Semob), Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), Polícia Militar (PMDF), Procon-DF; Detran-DF, Brasília Ambiental, Secretaria da Agricultura, Secretaria de Governo.

ADMINISTRAÇÃO DE CEILÂNDIA PRESTA HOMENAGEM AOS GARIS

Parabéns a todos os garis do Distrito Federal pelo seu Dia comemorando 16 de maio.

Nesta data tão importante o administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, recebeu a atual Miss Gari DF Sara Barbosa,  a Miss Simpatia Luciana Ribeiro, e a idealizadora do Miss e Mister Gari DF Fátima Dias.

A  iniciativa foi prestar uma homenagem à categoria, que hoje no DF são cerca de 4, 7 mil. 
Marcelo Piauí  enfatizou que os garis prestam um serviço de alta relevância à população e, portanto, devem ser reconhecidos e valorizados pela população. “O trabalho desses homens e mulheres na limpeza urbana é fundamental para a conservação da cidade e para a saúde ambiental, ao contribuir diretamente para evitar doenças transmitidas por insetos e roedores e a dengue", ressaltou Marcelo Piauí.

 

DIA DO GARI 16 DE  MAIO

Para homenagear a data, os garis foram contemplados com kits contra à Covid19, além de forma simbólica, um bolo no pote.

 A ação ocorreu nesta sexta-feira (15), e contou com  a parceria da Administração Regional de Ceilândia, o SLU, a Secretaria de Desenvolvimento Social e as empresas Sustentare, Valor Ambiental,  Consita e a Secretaria de Governo do DF. 

A homenagem percorreu as cidades de Ceilândia, Estrutural e Plano Piloto. A ação contou com a presença da atual Miss Gari DF 2019, Sara Barbosa, e da Miss Simpatia Luciana Ribeiro. 

A Miss Gari DF,  Sara Barbosa,  explica que a pequena homenagem ao Dia do Gari é para  valorizar essa classe tão  fundamental para toda sociedade brasiliense. " Isso é um pequeno gesto diante da importância que cada gari representa para manter as ruas e avenidas limpas da nossa capital. Tenho orgulho de ter feito parte dessa categoria tão guerreira, mas muita das vezes desvalorizada", diz emocionada. 

Uma das idealizadoras do evento e fiscal de varrição Fátima Dias,  há mais de 10 anos atuando diretamente na limpeza urbana do DF, diz que a iniciativa surgiu para resgatar a autoestima dos garis, além de despertar a consciência da sociedade na valorização desses profissionais. “Nosso intuito é valorizar essas mulheres que batalham dia a dia para levarem o sustento para suas famílias. O melhor de tudo é que podemos ser femininas e demonstrar que, por trás de um uniforme, também somos mulheres com a autoestima lá em cima”, ressaltou Fátima.

A Administração de Ceilândia juntamente com a Secretaria de Governo do DF,  doou cerca de 400 máscaras de proteção para os garis, além de 150 frascos de álcool  em gel. 

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, explica que a maior cidade do DF tem muito que agradecer a esses profissionais.  

“As atividades realizadas por esses profissionais são de extrema relevância para Ceilândia . A saúde também depende do trabalho diário deles, que mantêm a cidade limpa e cuidam com zelo”, destacou Marcelo Piauí.

https://www.instagram.com/p/CAOBjCendYp/?igshid=4mlmyug90t42

Ceilândia integrada

A administração Regional de Ceilândia, nesta quinta-feira (14), se reuniu com representantes das Policias Civil e Militar da cidade, e o DF Legal para tratar sobre a fiscalização e sanções previstas na legislação para quem for pego furtando benfeitorias realizadas pelo GDF e sujando áreas públicas.

A iniciativa tem como um dos objetivos conscientizar comunidade e os carroceiros sobre a importância de não despejar os resíduos em locais não autorizados, além de solucionar um problema social, ambiental e de saúde pública que acabou por resultar na instalação de lixões em diversos terrenos da cidade.

Durante a reunião foi discutido um plano de ação com os órgãos envolvidos quanto a fiscalização, identificação e notificação de quem for pego sujando  áreas públicas, que poderá ser encaminhado à delegacia e responder por crime ambiental conforme legislação vigente.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, conta que a integração com órgãos do GDF, e as forças de segurança da cidade são fundamentais para identificar os problemas e apontar as soluções para a melhoria da cidade. “ O que queremos é uma integração de todas a as áreas e levar o desenvolvimento para nossa cidade. Essas reuniões são fundamentais para combater irregularidades relacionadas a posturas urbanas, limpeza pública, obras e controle ambiental da maior região do DF”, explica Marcelo Piauí.

 

 

 

 

Garis receberão kit contra à Covid

 

A ação é para homenagear o Dia do Gari comemorado em 16 de maio.

 

A coordenação do concurso Miss e Mister Gari DF para homenagear o Dia do Gari, comemorado dia 16 de maio, nesta sexta-feira (15), realizará a distribuição de máscara e bolo no pote para os trabalhadores que atuam na limpeza pública. A ação conta com a parceria da Administração Regional de Ceilândia, o SLU, a Secretaria de Desenvolvimento Social, o Gabinete da Primeira-dama e as empresas Sustentare, Valor Ambiental e Consita.

A homenagem é simbólica e sem aglomeração e tem como objetivo valorizar essa classe   fundamental para toda sociedade do Distrito Federal.

A idealizadora do concurso Fátima Dias, explica que neste ano devido à pandemia, não será possível a realização do concurso. " Infelizmente não poderemos celebrar essa data tão importante para os garis. Sabemos que o concurso ajuda a melhorar a autoestima desses trabalhadores, que muitas vezes passam despercebidos e invisíveis para muitos, mas ano que vêm a celebração será em dobro", ressalta Fátima Dias.

A ação também contará com a presença da atual Miss Gari DF Sara Barsosa.

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, explica que a maior cidade do DF tem muito que agradecer a esses profissionais.  “As atividades realizadas pelos garis são de extrema relevância para Ceilândia. A saúde também depende do trabalho diário deles, que mantêm a cidade limpa e cuidam com zelo”, destacou Marcelo Piauí.

Serviço

Distribuição de kits

Local: Administração de Ceilândia

Horário: 9h

População de Ceilândia ganha máscara contra à Covid

 

Cerca de 2,5 mil máscaras foram distribuídas para à comunidade na região central da cidade. A ação contou com equipes da Administração Regional e diversos órgãos do GDF

 

A região mais populosa do Distrito Federal foi contemplada nesta terça-feira (12), com a distribuição de cerca de 2,5 mil máscaras para à população. Equipes do GDF, compostas por integrantes das secretarias de Governo e de Cidades,  DF Legal, CBMDF, PM e Administração de Ceilândia além de distribuir os itens, também orientam os moradores quanto à necessidade do uso de máscaras e o seu correto uso.

A dona de casa Maria Guedes, de 39 anos, explica que a ação veio em uma boa ora, já que ela está desempregada e precisa fazer faxinas na região de Brasília. “ Com o uso obrigatório das máscaras preciso de várias para trocar durante as diárias que realizo. Se eu fosse comprar cada uma sairia muito caro. Acho muito importante essa ação do GDF em ajudar quem mais precisa”, diz a ceilandense.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, conta que a ação conjunta com o GDF tem como objetivo reforçar a importância do uso da máscara como um meio de proteção contra o coronavírus. “Hoje nós estamos começando a distribuição pelo Centro da cidade nas filas dos bancos, onde está tendo aglomeração. Estamos entregando a máscara para aquelas pessoas que ainda não têm e ainda entregamos para as pessoas que querem levar para seus familiares. Nós também entregamos nos locais onde o comércio não parou”, explica Marcelo Piauí.

A operação também contemplou as cidades de Samambaia, Fercal/Sobradinho II, Sol Nascente/Pôr do Sol, Santa Maria, Paranoá, Planaltina e CIA/Estrutural.

Revitalização de estrada rural beneficiará cerca de 10 mil moradores, em Ceilândia

 

Cerca de 6 quilômetros de via receberam serviços de nivelamento construção de bolsões, canaletas e desvios de água pluvial. As benfeitorias irão facilitar o escoamento da produção, trafego de viaturas, ônibus e caminhões

 

A realização dos serviços de melhorias nas áreas rurais de Ceilândia faz parte do programa de conservação e manutenção permanente realizado pela Administração da cidade juntamente com o programa GDF Presente. Nesta segunda-feira (11), equipes atuaram no setor rural Alexandre Gusmão, no Incra 9.

Cerca de 6 quilômetros de via receberam serviços de nivelamento do solo, construção de bolsões, canaletas e desvios de água pluvial. A operação tem como objetivo garantir e facilitar o escoamento da produção de pequenos agricultores, a circulação dos veículos, o transporte escolar, viaturas e ambulâncias além do deslocamento dos moradores para a área urbana.

Equipes da Administração de Ceilândia também recuperaram trechos da estrada do Núcleo Rural Guariroba. 

Coordenador do Polo Oeste do GDF Presente, Elton Walcacer explica que a intervenção foi solicitada por moradores da região. “ Estamos atuando em várias frentes rurais do DF. Com essa operação tiramos os buracos e depressões da via, além de alargar para dar mais segurança para os motoristas e pedestres”, conta o coordenador.

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, fala que a área rural da cidade está recebendo todo cuidado necessário para garantir a locomoção da comunidade rural. “ Desde o começo das operações priorizamos as vias principais com serviços de manutenção como nivelamento solo, limpeza das estradas, além do trabalho de elevação de vias e retirada de pedras e entulho. Temos a obrigação de manter essas estradas transitáveis porque nossos agricultores precisam escoar suas produções. É um trabalho de extrema importância para toda comunidade rural”, esclarece Marcelo Piauí.

A área rural de Ceilândia  está entre as cinco maiores do Distrito Federal. No local, destaca-se a produção de verduras e hortaliças, além da criação de frango.

Produtores rurais de Ceilândia são contemplados com maquinários

Cerca de 170 famílias foram beneficiadas diretamente com os equipamentos agrícolas. A medida irá ajudar no aumento da produção e na geração de renda para a região

 

A Secretaria de Agricultura do Distrito Federal (Seagri-DF) realizou, nesta quinta-feira (07), a entrega de mais uma patrulha rural, a segunda nesta semana. Desta vez, foi para a Associação dos Moradores e Produtores Rurais da Boa Esperança e Regiões (AMPRBER).

O conjunto agrícola é composto por um trator, uma roçadeira frontal, um arado, uma enxada rotativa, uma espalhadeira de calcário e uma carreta.

Os equipamentos agrícolas irão atender cerca de 170 produtores e são muito importantes para o preparo das áreas de cultivo de alimentos que futuramente irão abastecer Brasília. A iniciativa também é uma importante ferramenta na geração de emprego e renda no campo, melhorando a qualidade de vida dessas famílias.

O secretário de Agricultura do Distrito Federal, Luciano Mendes, explicou que todas as associações e cooperativas podem receber patrulhas rurais, basta apenas participarem dos chamamentos públicos realizados pela Seagri. “Se alguém quiser algum equipamento público para alguma comunidade, tem que participar em ‘pé’ de igualdade com os outros, e foi isso que vocês fizeram”, explicou.

Mendes também lembrou das responsabilidades do poder público e das entidades que precisam zelar pelo bem que estão recebendo e que esse tipo de ação é muito gratificante. “Eu fico muito feliz de estar aqui entregando esses equipamentos, e vamos entregar mais quatro patrulhas nas próximas semanas. Estamos comprando mais 35 patrulhas que vamos entregar ainda este ano. Estamos nos preparando para isso, a comunidade tem feito essas demandas e a gente acredita que esse é o caminho”, afirmou o secretário de Agricultura.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, que também esteve presente na solenidade de entrega, parabenizou o Governo do Distrito Federal (GDF) e o ótimo trabalho que o Sistema Agricultura (Seagri, Emater e Ceasa) têm feito pelos produtores e pelo espaço rural do DF. “Essa entrega de máquinas é importantíssima, nós sabemos que a área rural do DF é extremamente produtiva, são pessoas que trabalham muito e esperam o apoio do Estado. O que está sendo feito hoje aqui, é justamente a presença do Estado na área rural”, afirmou.

Para João Miranda, presidente da AMPRBER, o acesso a esses equipamentos vai diminuir muito os custos do produtor e gerar mais renda às famílias beneficiadas. “Temos uma dificuldade muito grande aquie esse trator vai atender os produtores da associação com um custo muito menor, cerca de 60% do valor de uma hora com uma máquina alugada. Com a presença do secretário de Agricultura e da diretoria toda do GDF nos trazendo esses equipamentos, essas pessoas voltam a acreditar que é um governo presente e atuante”, ressaltou.

As associações e cooperativas, para receber as patrulhas rurais, precisam participar de um chamamento público e as contempladas podem ficar com as máquinas por até cinco anos e são responsáveis pela manutenção, abastecimento e seguro das máquinas e implementos. A cerimônia de entrega foi rápida e com poucas pessoas para evitar aglomerações.

Participaram, além de alguns produtores rurais da região, o secretário executivo de Agricultura, Vilmar Angelo, o presidente da Ceasa, Onélio Teles, o superintendente da Conab no DF, Rafael Bueno, representando a SFA-DF/Mapa, Ana Paula Campos, representando a Emater-DF, o extensionista Sérgio Rufino Maciel, além do subsecretário de Desenvolvimento Rural, Odilon Vieira e do subsecretário de Políticas Sociais Rurais, Abastecimento e Comercialização, João Pires.

 

Com informações da Seagri.

 

 

 

 

Ceilândia contra à dengue

Operação da Administração Regional retirou pneus velhos da Feira do Produtor, além de recolher cerca de 45 toneladas de lixo e entulho de áreas públicas.

 

Equipes da Administração Regional de Ceilândia realizaram, nesta quinta-feira (7), uma grande operação de limpeza para combater criadouros do mosquito Aedes aegypti transmissor da dengue, zica, chikungunya e febre amarela, além de animais peçonhentos como ratos e escorpiões. Cerca de 45 toneladas de lixo e entulho foram retiradas das ruas.

A Feira do Produtor de Ceilândia foi contemplada com a retirada de dezenas de pneus velhos em desuso. Equipes da Administração também recolheram lixo e entulho das quadras da EQNP 10/14 e 16/20, no P Sul, e na Área Especial da QNO 8, no Setor O. Nos locais foi retirado todo tipo de material propício para o criadouro do mosquito da dengue como móveis velhos, utensílios domésticos, resto de obras, vasos e garrafas plásticas.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, ressalta que a ação de limpeza na cidade visa à saúde da população, além de inibir locais que possam atrair animais peçonhentos e criadouros do mosquito da dengue. " Nossas ações são diárias e permanentes em diversas localidades de Ceilândia. Estamos em constantemente monitoramento das regiões mais críticas com inspeções e limpeza, além do cercamento dessas áreas para combater o descarte de lixo nesses espaços”, enfatiza Marcelo Piauí.

Equipes da Administração também atuaram com recuperação asfáltica em diversos pontos da região administrativa entre elas na Via 04, Setor O, e na CNM 01, em Ceilândia Centro.

A Administração ressalta quem for pego sujando área pública poderá ser encaminhado à delegacia e responder por crime ambiental conforme legislação vigente.

 

Confira o que foi realizado:

Recolhimento de pneus na Feira do Produtor de Ceilândia;

Remoção de entulhos na EQNP 10/14, P Sul;

Remoção de entulhos na EQNP 16/20, P Sul;

Remoção de entulhos na QNO 8 Área Especial, Setor O

Recuperação asfáltica na via 04, Setor O;

Recuperação asfáltica na CNM 01, Ceilândia Centro.

  

Carcaças de carros são retiradas, em Ceilândia

A operação em parceria com diversos órgãos do GDF e a Administração Regional recolheu dezenas de veículos abandonados. A ação também foi para combater focos do mosquito da dengue e animais peçonhentos

 

A maior região administrativa do DF recebeu uma força-tarefa do Governo do Distrito Federal, em parceira com diversos órgãos, e a Administração Regional de Ceilândia para a retirada de carcaças de carros abandonadas, no setor de oficinas do Setor O.  A operação realizada nesta quarta-feira (6), contou com três caminhões guinchos, um caminhão caçamba e equipes do GDF.

A operação tem como um dos objetivos combater possíveis focos do mosquito Aedes aegypti que transmite a dengue, Zika e Chikungunya, além de trazer mais segurança para à comunidade.

Para o administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, a ação visa atender uma demanda antiga da população. "A força-tarefa do GDF juntamente com equipes da Administração retirou dezenas de carcaças em estado de abandono e que apresentam risco à saúde pública. Além de estarem em locais proibidos, as carcaças podem ser focos de doenças como a dengue a febre amarela e a chikungunya, ou servir de abrigo para moradores de rua e usuários de drogas", explica Marcelo Piauí.

A operação é coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP/DF), em parceria com a Administração de Ceilândia, as secretarias executivas das Cidades e de Políticas Públicas, DF Legal, do Departamento de Trânsito (Detran-DF), das Polícias Militar e Civil do Distrito Federal e da Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival), divisão da Secretaria de Saúde (SES).

Ceilândia ganha mais uma estrada rural recuperada

 

Administração Regional realizou o nivelamento e largura de 18,5 km, no Incra 09 Gleba 4. A operação vai beneficiar moradores e produtores rurais que diariamente circulam pelo local.

 

A Administração Regional de Ceilândia iniciou nesta segunda-feira (4/5), a realização de diversas benfeitorias na cidade. A estrada rural vicinal no Incra 09, Gleba 4, foi contemplada com a raspagem e nivelamento do solo de 18,5 quilômetros. Para a segurança de motoristas e pedestres, a via também foi alargada, o que garante mais acessibilidade e trafego para o pequeno produtor rural e chacareiros da região.

Equipes da Administração também atuaram na execução e manutenção asfáltica de vias e ruas da QNM 05, em Ceilândia Sul. Os conjuntos próximos a linha de estação do metrô, da Guariroba, também foram contemplados com a operação.

Limpeza

Frentes de trabalho da Administração de Ceilândia também recolheram das ruas da cidade cerca de 30 toneladas de lixo e entulho. As áreas públicas da EQNP 1/5 e 15/19, Setor P Norte, e na QNN 11 e QNM 22, em Ceilândia Norte, receberam a operação de limpeza com a retirada de sofás velhos, pneus, resto de obras, vasos sanitários, garrafas e sacolas plásticas entre outros.

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, alerta toda a comunidade sobre os perigos de descartar lixo e entulho em terrenos públicos, o que se torna um problema de saúde pública, já que esses espaços atraem insetos, roedores e animais peçonhentos, além de favorecer a proliferação do mosquito Aedes transmissor da dengue, zica, chikungunya e febre amarela.

Diariamente seguimos um cronograma de serviços para atender as demandas da comunidade. Nossas equipes estão nas ruas e nossa prioridade é a questão da limpeza pública. Todos os dias vemos os casos de dengue aumentar. Quanto poder público estamos fazendo o possível, mas é necessário que cada cidadão ceilandense faça sua parte, não descartando o lixo em qualquer lugar”, ressalta Marcelo Piauí.

É crime ambiental o lançamento de resíduos sólidos (lixo) de acordo com o artigo  54 s 2° inciso V, da lei 9.605/98. Pena de 1 a 5 anos .

Confira o que foi realizado hoje:

Recuperação de estrada vicinal no núcleo Rural Incra 09 Gleba 04 de 18km;

Recuperação asfáltica na QNM 05, Ceilândia Norte;

Recuperação asfáltica na via N 01 Norte, e M2 Sul.

Remoção de entulhos na EQNP 15/19, Setor P Norte;

Remoção de entulhos na EQNP 1/5, Setor P Norte;

Remoção de entulhos na QNN 11, Ceilândia Norte;

Limpeza de Beco na QNM 22, Ceilândia Norte;

Implantação de meio fio na QNN 11 Via NN Lt 26 Ceilândia Norte.

Administração de Ceilândia começa o cercamento de terrenos para evitar o descarte irregular de lixo e entulho na região

A previsão é que 11 grandes áreas que servem de lixão sejam contempladas com a operação. A iniciativa conta com a parceria da Terracap

 

Pensando em parceiras e alternativas para combater o descarte de lixo irregular na maior cidade do Distrito Federal, a Administração Regional de Ceilândia, em parceria com a Terracap, começou o cercamento de grandes terrenos que servem como depósito irregular de lixo e entulho na região. A Área Especial da QNM 16, ao lado do Ensino Médio 02, em Ceilândia Norte, foi a primeira contemplada com a operação.

A iniciativa da Administração de Ceilândia tem como um dos objetivos conscientizar comunidade e os carroceiros sobre a importância de não despejar os resíduos em locais não autorizados, além de solucionar um problema social, ambiental e de saúde pública que acabou por resultar na instalação de lixões em diversos terrenos da cidade.

Ação

Equipes da administração de Ceilândia realizarão a limpeza dos espaços com a retirada de lixo e entulho e,  em contrapartida, a Terracap que é a dona dos terrenos, fará o cercamento e sinalizará os locais com placas de advertência.  A previsão é que 11 grandes áreas que serviam de lixão na região sejam contempladas.

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, diz que a iniciativa é coibir os terrenos que possam ser utilizados pela comunidade e carroceiros para o descarte de lixo na cidade, além de combater à dengue. “ Por meio do mapeamento identificamos grandes áreas que servem como verdadeiros lixões em Ceilândia! Diariamente limpamos esses terrenos, mas novamente são sujos. A solução foi fazer o cercamento dos locais para impedir o descarte. Nossa parte estamos fazendo e esperamos que toda à comunidade colabore e também denuncie os sujões! ”, afirma Marcelo Piauí.

Marcelo Piauí também ressalta que equipes da Administração retiram das ruas cerca de 40 toneladas de lixo por dia, e que terrenos e áreas públicas são contempladas diariamente com a retirada de sofá, colchões, sacos plásticos, resto de obras, pneus e eletrodomésticos quebrados. “ Mesmo com as operações de limpeza não conseguimos deixar nossa cidade limpa. É necessário que todos se conscientizem! O Governo está cuidando da saúde das pessoas ao manter a região limpa. A partir de agora vamos adotar medidas mais duras para quem for pego sujando as ruas da nossa cidade”, enfatiza. 

A Administração ressalta quem for pego sujando área pública poderá ser encaminhado à delegacia e responder por crime ambiental conforme legislação vigente. A iniciativa também contará com o apoio da Policia Militar e do DF Legal.

Legislação

A legislação vigente referente à Fiscalização de Limpeza Pública prevê a aplicação de multas para quem for pego jogando lixo em área pública que pode variar de R$ 114 a R$ 11 mil. Além disso, é considerado crime ambiental o descarte irregular  qualquer tipo de resíduo, seja domiciliar, comercial, industrial, entulho de obra, restos de poda de árvores e plantas, entre outros, conforme Lei Distrital nº 972, de 11 de dezembro de 1995, que dispõe sobre os atos lesivos à limpeza pública.

Administrador de Ceilândia e o secretário  de Governo visitam diversos pontos da cidade

Mesmo em tempos de pandemia nesta segunda-feira (27),   o Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí,  juntamente com o chefe de gabinete Cleber Monteiro,  e o Secretário de Governo do DF José Humberto verificaram de perto o atendimento aos pacientes da UPA, próxima à Feira do Produtor. Também conferiram o  funcionamento do Drive- Trhu  para a testagem  da Covid 19 no Iesb, além de visitar a montagem do novo alojamento para receber à população de rua no estádio Abadião. 

A iniciativa faz parte das ações da Administração de Ceilândia em acompanhar in loco, os andamentos dos serviços na maior região do Distrito Federal. 

Marcelo Piauí explica que, as visitas com os representantes do GDF na cidade são fundamentais para levar as demandas da comunidade e melhorar os serviços prestados nas áreas de educação,  segurança e principalmente na saúde. " Desde que assumi a gestão de Ceilândia uma das minhas prioridades é melhorar o acesso a saúde para à população. Conseguimos trazer diversos médicos que já estão atendendo os moradores! O que reforça o atendimento  nos postos de saúde", enfatiza Marcelo Piauí.

Marcelo Piauí também comenta que as conquistas e melhorias na área da saúde para à comunidade ceilandendes  tem se concretizado devido a parceria e o trabalho conjunto com a médica Lucilene Florêncio,  responsável pela Superintendência Regional Oeste de Saúde.

A Administração Regional de Ceilândia segue com as ações de melhorias na cidade

Nesta sexta-feira (24), a rede de águas pluviais foi recuperada na EQNP 7/1, no P Norte. A galeria devido as fortes chuvas da noite anterior, não aguentou o volume das águas, onde se abriu uma cratera. Equipes da Administração foram acionadas e  isolaram o local  para a segurança de pedestres e motoristas até que se fosse realizada a manutenção. Mais uma demanda atendida com agilidade.

Também houve a manutenção do Poço de Visita (P.V) das águas pluviais na QNP 13, no PNorte.

A recuperação asfáltica de vias  foram realizadas em diversos pontos da cidade com equipes próprias, terceirizadas e da Novacap. As Vias Elmo Serejo e Hélio Prates, na NM 3, em Ceilândia Sul, na P2 e quadra 13, no P Norte, receberam a operação tapa-buraco.

Equipes da Administração  atenderam  as demandas da comunidade com a poda de árvores na EQNM 17/19, em  Ceilândia Sul,  e com a  remoção de galhos e entulhos, na QNR 2.

A Área Especial na QNM 16, em Ceilândia Sul, foi limpa com a remoção de lixo e entulho do terreno. A escola rural no Incra 09 foi contemplada com a roçagem do mato.

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, diz que equipes têm atendido as situações emergências feitas pela comunidade, além de atuarem diariamente na manutenção da região " Nossas equipes estão atentas para agir de imediato em situações emergências como ocorreu ontem à noite com a abertura da cratera, no P Norte.  Nossa missão é cuidar da infraestrutura da cidade e promover também a segurança da comunidade", enfatiza Marcelo Piauí.


 Teste em massa para à Covid19 será realizado a partir de segunda-feira (27), em Ceilândia

O grupo alvo é a população que convive com pessoas do grupo de risco e que apresenta sintomas de gripe e febre há mais de uma semana. O drive-thru funcionará no estacionamento do IESB, das 7h30 até 17h30
 
O Governo do Distrito Federal como medida no enfretamento ao coronavírus realizará a testagem em massa, em Ceilândia. A ação irá atender a população que convive com pessoas do grupo de risco e também tiveram contato com paciente detectado com à Covid19 ou que apresenta sintomas de gripe e febre há mais de uma semana. O drive-thru funcionará no estacionamento do IESB, das 7h30 até 17h30. É necessário levar o comprovante de residência.

A coordenação da ação é realizada pela Superintendência Regional Oeste de Saúde em parceria com a Secretaria de Saúde do Distrito Federal e servidores do Hospital Regional de Ceilândia (HRC), que atuarão no atendimento à comunidade. O GDF prevê que até o fim de maio cerca de 450 mil checagens sejam feitas em todo o DF.

A médica Lucilene Florêncio superintendente de Saúde Oeste, explica que a medida em conjunto com o Governo do Distrito Federal tem como objetivo assistir e oferecer exames rápidos as pessoas que estão mais vulneráveis ao vírus. “Somos a maior região do DF! Neste momento vamos atender quem teve contato com pessoas que pegaram o vírus ou convivem com idosos e doentes crônicos como diabéticos, asmáticos e hipertensos”, esclarece a superintendente.
Lucilene também ressalta que o teste em massa será realizado em drive-thru, ou seja, ninguém desce do veículo para fazer a testagem. Além disso, a medida oferece mais segurança para os profissionais de saúde e para quem for utilizar o serviço. 

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, ressalta que a ação na cidade mais populosa do DF é uma das medidas para conter e identificar novos casos. " A cidade já recebeu várias ações contra à Covid 19. Começamos com a higienização nos principais pontos da cidade como feiras,  o hospital,  escolas e delegacias. Agora,  estamos na segunda etapa que é oferecer o teste rápido para á comunidade. Com o prognóstico dos resultados podemos atuar e criar novas medidas baseadas em dados técnicos, assim contribuindo para enfrentarmos esse cenário tão delicado", esclarece Marcelo Piauí. 

 Local: estacionamento da faculdade IESB, Área Especial  QNN 31 , em Ceilândia Norte
Horário: 7h30 até 17h30
Data: segunda-feira (27/4).

Melhorias na infraestrutura, em Ceilândia 

Os trabalhos continuam a todo vapor, em Ceilândia. Equipes da Administração Regional atuam em várias frentes na manutenção da maior região do Distrito Federal. 

Nesta quarta-feira (22), ruas da QNO 09 e 11, no Setor O, e conjuntos das quadras QNM 01, 03 e  05, em Ceilândia Sul, foram contemplados com a operação de recuperação asfáltica. 

A Avenida Hélio Prates, em Ceilândia Centro, recebeu a  poda de árvores, o que garante mais segurança para pedestres e motoristas que diariamente circulam pelo local. 

Equipes da Administração  realizaram a retirada de lixo e entulho das Áreas Especiais da QNM 15, em Ceilândia Sul, e na QNN 37, em Ceilândia Norte. Os  abrigos de ônibus das quadras QNP 01, 05, 7/11, 9/13, 13/17,  11/15, 15/19,  também passaram por limpeza.

As frentes de trabalho também atuaram na recuperação e desobstrução de boca de lobos na QNM 1/3, em Ceilândia  Sul.

Serviços de manutenção são realizados, em Ceilândia

 

Equipes da Administração Regional realizaram operação de limpeza e roçagem do mato no estádio Abadião, que receberá alojamento para atender a população de rua durante à Covid19

 

Limpeza de terrenos públicos e abrigos de ônibus, desobstrução de boca de lobos, roçagem do mato, poda de árvores e operação tapa-buracos foram realizadas por equipes da Administração Regional de Ceilândia nesta véspera de feriado (20).

As benfeitorias realizadas faz parte das ações de melhorias na infraestrutura de Ceilândia e conta com equipes próprias da Administração, terceirizadas e da Novacap. Durante a pandemia, os serviços estão sendo executadas conforme a solicitação da comunidade, dando prioridade as principais ruas e avenidas da região administrativa, além de atender demandas emergências.

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, explica que as ações  têm sido diárias e constantes mesmo em tempo de pandemia. “Temos a maior cidade do DF! Os serviços de manutenção, principalmente os de limpeza de áreas públicas e a operação tapa-buraco não podem parar! Seguimos um cronograma diário para atender à comunidade!”, enfatiza Marcelo Piauí.

O estádio Abadião foi contemplado com operação de manutenção e limpeza nesta segunda-feira (20). Na área externa, também houve a roçagem do mato e a retirada de entulho. O espaço receberá um alojamento para atender à população de rua como uma das medidas adotadas pelo Governo do Distrito Federal no combate à Covid19.

Confira o que foi realizado:

 

Roçagem, limpeza e manutenção no Estádio Abadião QNN 12, Ceilândia Norte;

Limpeza em abrigos de ônibus na Via N 02 Sul, próximo ao estádio Abadião;

Remoção de entulhos na QNN 11 e 13, Área Especial Ceilândia Norte 

Limpeza em abrigos de ônibus nas quadras EQNN 18/20 e 20/22, 22/24 e 24/26, da Guariroba;

Recuperação asfáltica na QNO 08 e 10, no setor de oficinas do Setor O;

 

 

Famílias carentes recebem cestas, em Ceilândia

 

Ação da Secretaria de Desenvolvimento Social conta com o apoio da Administração Regional e diversos órgãos do GDF. A previsão é que cerca de 1,6 mil cestas sejam entregues na região

 

Para ajudar quem mais precisa em tempos de pandemia, a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) iniciou um mutirão da solidariedade. Desde sexta-feira (17), cerca de 12 mil cestas já foram entregues a moradores de diversas regiões do Distrito Federal, que estão cadastrados ou fizeram pedido no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

Intitulada Programa de Provimento Alimentar Emergencial, a iniciativa tem o objetivo de atender à necessidade provisória até o reenquadramento social da família. O GDF vai prover famílias com situação comprovada de indisponibilidade, acesso precário a alimentos de qualidade ou que disponham de quantidade insuficiente para a subsistência durante o período de isolamento em virtude da pandemia do novo coronavírus.

A chefe de família Maria Lurdes, de 39 anos, foi uma das contempladas com a cesta básica. Moradora do Setor O, ela conta que está desempregada há mais de um ano e que a ajuda chegou em boa hora. “ Sou diarista e não tenho carteira assinada. Por causa do vírus, não estou mais fazendo as faxinas e sem dinheiro como compro alimentos! Dou graças a Deus que o Governo está atento as pessoas que mais precisam”, diz agradecida.

Para o administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, a ação vai beneficiar quem mais precisa de ajuda neste momento tão delicado, principalmente as famílias mais carentes de Ceilândia. “ Disponibilizamos diversas equipes da Administração para fazer a entrega das cestas na residência das famílias. “ Estamos monitorando e fazendo um cadastro para quem está fora do cadastro dos Cras e Creas da cidade. Queremos contemplar quem mais precisa de alimentos! ”, enfatiza Marcelo Piauí.

A operação tem apoio da Secretaria de Segurança Pública (SSP), por meio do Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF) e polícias Militar e Civil, bem como das secretarias de Cultura e Economia Criativa (Secec), das Cidades (Secid), de Educação (SEE), de Governo, da Casa Civil e Administrações Regionais.

 

A prioridade é atender vias próximas a escolas rurais, cooperativas e  produtores  da região 

 

A Administração Regional de Ceilândia mais uma vez atendeu as demandas da comunidade rural. Nesta sexta-feira (16), equipes do órgão finalizaram os serviços que vão de nivelamento dos terrenos à construção de bolsões, canaletas e desvios de água pluvial da estrada vicinal rural do P Sul.

A ação recuperou mais de 10 quilômetros de via, o que beneficiará direto e indiretamente cerca de 10 mil  moradores da área rural da maior região do DF.

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, explica que a manutenção das vias rurais  além de ajudar no escoamento da produção, também visa garantir a segurança, o tráfego e a circulação de viaturas, ambulâncias e o transporte escolar.  " As estradas rurais  não podem receber asfalto, por isso destinamos uma equipe fixa para a realização de manutenção das vias e na execução de serviços emergenciais. O que queremos é proporcionar mais desenvolvimento e qualidade de vida para a zona rural de Ceilândia", esclarece Marcelo Piauí.

A área rural de Ceilândia possuí cerca de  248  quilômetros quadrados  de extensão, e está entre as cinco maiores do Distrito Federal. No local, destaca-se a produção de verduras e hortaliças, além da criação de frango.

     

DF Legal fiscaliza  comércios irregulares em Ceilândia


A Administração Regional de Ceilândia em parceria com o DF Legal continua com a fiscalização de comércios irregulares nas principais Avenidas de Ceilândia. Nesta quinta-feira (16),  a área central da cidade passou pela operação.  

O objetivo da ação  é combater a aglomeração de pessoas no  enfrentamento a  proliferação do novo coronavírus na cidade mais populosa  do DF. A operação  contou com o apoio do 10° Batalhão de Polícia de Ceilândia. 

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, conta que o objetivo da ação é combater a aglomeração de pessoas na região central . " A medida visa combater o número de casos de coronavírus na cidade. Estamos  seguindo os protocolos de segurança e enfrentamento à Covid 19. É nosso dever cuidar da saúde das pessoas " ressalta Marcelo Piauí.


O DF Legal explica que os comerciantes que, fora da lista de serviços essenciais,  insistirem em abrir as portas, serão penalizados, além da multa de R$ 3.628,29 mil a R$ 24 mil, o proprietário será encaminhamento à delegacia, juntamente com a Vigilância Sanitária, por crime contra a saúde pública, e terá sua licença cassada.

Ceilândia: mais um alojamento para população em situação de rua


A exemplo da unidade do autódromo, espaço tem capacidade para atender até 200 pessoas


Mais um alojamento provisório para população em situação de rua será erguido no Distrito Federal. A nova estrutura ficará no Estádio Maria de Lourdes Abadia, o Abadião, em Ceilândia. Assim como o espaço montado no Autódromo Internacional Nelson Piquet, a unidade conta com contêineres e terá capacidade para 200 pessoas.
 
Em edição extra, na noite desta terça-feira (13), A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) abriu dispensa de chamamento público para contratação da organização da sociedade civil (OSC) que fará a gestão do espaço.
 
“Estamos falando de um dos públicos mais vulneráveis do DF, que não teria como cumprir as medidas de isolamento. Tomamos essa atitude e tomaremos outra com o objetivo de assegurar a prevenção de forma igualitária para todos os brasilienses e, assim, frearmos a disseminação do novo coronavírus”, enfatiza a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha. 

Para o administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, a iniciativa além de proteger quem mais precisa contra o coronavírus, também é trazer inclusão social e mais dignidade a essa parcela da população.
" Vamos monitorar com uma equipe preparada para receber essas pessoas.  A ideia é que os usuários  tenha acesso a programas  sociais do GDF, como a emissão de documentos e  serviços de saúde além do  encaminhamento a albergues. O que queremos é que o acolhido   volte para a vida social com dignidade" , afirma Marcelo Piauí.

De acordo com o chamamento, o objetivo será a execução do Serviço de Proteção em Situações de Calamidades Públicas e de Emergências, cuja finalidade será promover apoio e proteção à população em situação de rua atingida pelas medidas de enfrentamento à Covid-19.
 
De acordo com o chamamento, o principal critério de desempate das propostas é justamente o tempo para instalação do espaço, que deverá contar com a oferta de alojamentos provisórios, atenções e provisões materiais e, ainda, assegurar a realização de articulações e a participação em ações conjuntas de caráter intersetorial para a minimização dos danos ocasionados e o provimento das necessidades verificadas.
 
A vigência para parceria é 90 dias, podendo ser prorrogada por períodos sucessivos, enquanto perdurarem os efeitos das medidas de enfrentamento à Covid-19 para a população em situação de rua. O teto estimado para a realização do contrato é R$ 1.841.377,15.
 
Essa iniciativa soma-se não somente ao alojamento do Autódromo, que acolhe 200 pessoas desde a semana passada, bem como a estrutura montada no Centro de Convivência da Granja das oliveiras, no Recanto das Emas, com capacidade para 105 cidadãos.

 


A Administração Regional de Ceilândia continua  com os  serviços de melhoria na infraestrutura da cidade.

Nesta quarta-feira (15), equipes realizaram a manutenção de vias, a limpeza de terrenos públicos e paradas de ônibus. 


As benfeitorias contemplaram  com a operação tapa-buraco a Via M1, em Ceilândia Sul.


Também foram retirados lixo e entulho das Áreas Especiais da  QNM 15 e 33, em Ceilândia Sul.


Equipes da Administração realizaram serviços de manutenção na  estrada vicinal no núcleo rural do Setor P Sul. 


Paradas ônibus das Vias do Setor O,  também passaram por limpeza e retirada de entulho para combater o mosquito da dengue.

Administração de Ceilândia recolhe carcaças de carros abandonados na região 

A operação também tem como objetivo combater possíveis focos do mosquito Aedes aegypti que transmite a dengue, Zika, Chikungunya e febre amarela

 

Nesta segunda-feira (13), equipes da Administração Regional de Ceilândia  realizaram a retirada dezenas de carcaças de carros do terreno na QNO 08, no setor de oficinas do Setor O. A operação foi para combater locais propícios a proliferação do  mosquito Aedes transmissor da dengue, zica, chikungunya e febre amarela.

A Administração também informa que o  terreno em março recebeu  uma grande operação de limpeza com a retirada de  móveis velhos, resto de obras, pneus e eletrodomésticos.

A limpeza na maior cidade do DF tem sido constante , mas muitas vezes os terrenos são limpos e voltam a ser sujos. Por isso, a administração pede também o apoio da comunidade para não fazer o descarte irregular de lixo em áreas públicas.

Cabe lembrar que o descarte irregular em área pública é crime ambiental e o infrator pode ser multado e ainda ter seu veículo apreendido. Os flagrantes com as imagens podem ser denunciados pelo site www.ouvidoria.df.gov.br

INFORME ADMINISTRAÇÃO DE CEILÂNDIA

Nesta quinta-feira (9), várias equipes da Administração Regional de Ceilândia percorreram vários pontos da cidade e realizaram a manutenção de vias, limpeza de bueiros e operação tapa-buracos.  Também diversas paradas de ônibus receberam a limpeza e retirada de lixo. A medida além de assegurar maior conforto e higiene para os usuários também visa combater possíveis criadouros do mosquito da dengue. 


A Administração de Ceilândia ressalta que as ações são constantes e permanentes para a melhoria da infraestrutura da cidade, uma vez que se trata de uma atividade contínua que integra o processo de manutenção da região. 


Confira o que já foi realizado pelas equipes da Administração: 

Remoção de entulhos na QNN 11 Área Especial, Ceilândia Norte; 


Roçagem, manutenção e remoção de entulho no 8°Batalhão da PM, EQNP 26/30 P Sul; 


Limpeza em abrigos de parada de ônibus na Via 2 do Setor O; 


Recuperação de estrada vicinal no núcleo Rural do Setor Psul; 


Recuperação asfáltica na QNN 24, Ceilândia Norte; 


Limpeza de boca de lobo na Via P 02 Norte próximo a QNP 19 P Norte.

Vigilância Ambiental em Saúde realiza operação em Ceilândia

A ação contemplou ruas e casas da QNR 3. A medida visa a saúde da comunidade no combate a escorpiões e o mosquito da dengue. 


Equipes da Vigilância Ambiental em Saúde de Ceilândia percorreram nesta quarta-feira (8/4) ruas e casas da quadra QNR 3. A ação foi combater animais peçonhentos como ratos e escorpiões além de criadouros do mosquito Aedes transmissor da dengue, zica, chikungunya e febre amarela. 

Durante a inspeção os agentes orientaram os moradores sobre os cuidados  para evitar a proliferação dos animais peçonhentos e o mosquito da dengue, como evitar o acúmulo de lixo e entulho no quintal, tapar tomadas, ralos e frestas de portas e não deixar água acumulada em recipientes.

A chefe do núcleo  de Vigilância Ambiental em Saúde de  Ceilândia Nilde Pereira, explica que ação visa a saúde da população local, além de  orientar os moradores  sobre as medidas preventivas,  educativas e corretivas para inibir possíveis locais que possam atrair animais peçonhentos. " Nossas ações são diárias e permanentes em diversas localidades de Ceilândia. Estamos em constantemente monitoramento das regiões mais críticas com inspeções nas residências", esclarece. 

Nilde também ressalta que em caso de picada por animal peçonhento, a vítima deve  procurar  imediatamente o atendimento médico e quando possível levar o animal para identificação das autoridades sanitárias. 

 Limpeza pública

A Administração de Ceilândia alerta toda a comunidade sobre os perigos de descartar lixo e entulho em terrenos públicos, o que se torna um problema de saúde pública, já que esses espaços atraem insetos, roedores e animais peçonhentos.

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, explica que equipes realizam o monitoramento de pontos da cidade onde é comum essa prática, o que ajuda as frentes de trabalho a atuarem constantemente na limpeza destes terrenos, mas que a conscientização e a ajuda de toda a população são primordiais para manter a manutenção e o serviço de limpeza pública na cidade. 
“Diariamente retiramos toneladas de lixo e entulho de Ceilândia! Nossa preocupação além de manter nossa cidade limpa é garantir a saúde, qualidade de vida e menos riscos de doenças trazidas pelo acumulo de lixo. Só as ações do poder público não são capazes de acabar com esse problema na maior região do DF! Precisamos da ajuda dos moradores onde cada um deve fazer sua parte”, ressalta Marcelo Piauí.

Administração de Ceilândia recupera estrada rural, no Incra 7

 

A iniciativa tem como objetivo garantir e facilitar o escoamento da produção de pequenos agricultores, a circulação dos veículos, ambulância, viatura e o transporte escolar, além do deslocamento dos moradores

 

Equipes da Administração Regional de Ceilândia realizaram a recuperação das estradas vicinais no Núcleo Rural Alexandre Gusmão – Gleba 3, no Incra 7. Cerca de 10 quilômetros de vias foram contemplados com limpeza, patrolamento e nivelamento do solo. Com os serviços à comunidade rural terá melhor trafego de veículos mais segurança e acessibilidade.

A realização dos serviços de melhorias nas áreas rurais de Ceilândia faz parte do programa de conservação e manutenção permanente realizado pela Administração da cidade. A iniciativa tem como objetivo garantir e facilitar o escoamento da produção de pequenos agricultores, a circulação dos veículos e o transporte escolar, além do deslocamento dos moradores para a área urbana.

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, conta que na atual gestão, a área rural de Ceilândia tem sido contemplada com benfeitorias e que os trabalhos irão continuar em outros trechos rurais. “Estamos atendendo as reivindicações da comunidade rural de nossa cidade! O primeiro passo já foi dado com a recuperação das estradas vicinais, garantido condições de trafego para veículos e moradores, o que facilita o acesso de serviços essenciais como o de ambulâncias, viaturas e o transporte escolar”, ressalta Marcelo Piauí.

Administração de Ceilândia realizou o mutirão de limpeza no terreno da QNM 29, em Ceilândia Sul

O espaço há anos serviu como despejo irregular de material inservível, como restos de obras, móveis velhos, sofás e eletrodomésticos. A força-tarefa contou com 42 caminhões caçamba e com o apoio de diversos órgãos do GDF

 

A Administração Regional de Ceilândia realizou nesta quinta-feira (2/4), a retirada de lixo e entulho de um terreno particular, localizado na QNM 29, em Ceilândia Sul. O espaço há anos serve como despejo irregular de material inservível, como restos de obras, móveis velhos, sofás e eletrodomésticos.

O terreno pertence a uma empresa particular, que já foi notificada e multada por diversas vezes pelo DF legal. O dono já é reincidente e mesmo após notificado não providenciou a retirada do lixo e entulho do espaço, o que permitiu a ação do poder público conforme à legislação vigente. O custo da operação será encaminhado ao proprietário.  

A operação e contou com 42 caminhões caçamba, cada um, com capacidade de transportar entre 8 a 10 toneladas de lixo e entulho.  A força-tarefa é realizada pela Administração Regional de Ceilândia em parceria com o Governo do Distrito Federal, a Secretaria das Cidades -GDF Presente-, a Novacap, o Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal (SLU), o DF Legal, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Diretoria de Vigilância Ambiental (DIVAL) e a Polícia Militar.

O Administrador Regional de Ceilândia, Marcelo Piauí, ressalta que o principal objetivo da operação é combater criadouros do mosquito Aedes aegypti que transmite a dengue, Zika e Chikungunya. "Áreas de descarte irregular podem causar muitos transtornos à população, ocasionando doenças, além de favorecer a proliferação do mosquito da dengue e também atrai animais peçonhentos! As ações de limpeza em Ceilândia é uma questão de saúde pública e iremos continuar em vários outros pontos da cidade”, enfatiza Marcelo Piauí.

Legislação

A legislação vigente referente à Fiscalização de Limpeza Pública prevê a aplicação de multas para quem for pego jogando lixo em área pública que pode variar de R$ 114 a R$ 11 mil. Além disso, é considerado crime jogar em terrenos baldios ou becos qualquer tipo de resíduo, seja domiciliar, comercial, industrial, entulho de obra, restos de poda de árvores e plantas, entre outros, conforme Lei Distrital nº 972, de 11 de dezembro de 1995, que dispõe sobre os atos lesivos à limpeza pública.

 

Administração de Ceilândia realizará mutirão de limpeza em terreno nesta quinta-feira 

 

A força-tarefa contará com 30 caminhões caçamba, cada um, com capacidade de transportar entre 8 a 10 toneladas de resíduos. O lote abandonado há anos apresenta risco à segurança e à saúde pública da comunidade

 

Por representar um risco à saúde e à segurança pública dos moradores de Ceilândia, o terreno particular, localizado na Área Especial QNM 29, em Ceilândia Sul, finalmente será limpo na atual gestão da Administração Regional. A operação de limpeza é uma resposta a uma demanda antiga da população.

A operação será realizada nesta quinta-feira (2/4), a partir das 8h30, e contará com 30 caminhões caçamba, cada um, com capacidade de transportar entre 8 a 10 toneladas de lixo e entulho.  A força-tarefa é realizada pela Administração Regional de Ceilândia em parceria com a Novacap, o Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal (SLU), o DF Legal, a Secretaria de das Cidades e a Secretaria de Desenvolvimento Social.

O terreno pertence a uma empresa particular, que já foi notificada e multada por diversas vezes pelo DF legal. O proprietário já é reincidente e mesmo após notificado não providenciou a retirada do lixo e entulho do espaço, o que permite a ação do poder público conforme à legislação vigente. 

Ceilândia ganha novos médicos

 

Inicialmente 12 profissionais irão reforçar o atendimento à população na atenção primária, saúde da família, comunitária e nas unidades básicas de saúde. A previsão é que até o dia 11 de abril mais 31 médicos atuem na região

 

Ceilândia ganha 12 novos médicos que irão reforçar o atendimento à população da maior região administrativa do Distrito Federal.  Os profissionais além de oferecer maior cobertura à saúde da família e comunitária, também dará mais celeridade aos atendimentos, consultas e assistência aos moradores da cidade.

Com os novos médicos três equipes da saúde da família começarão a atuar no trecho III, do Sol Nascente. A iniciativa irá reforçar a rede pública de saúde de Ceilândia e proporcionar melhores condições de trabalho e atendimento à população mais vulnerável. Os outros profissionais irão atuar no atendimento à população na atenção primária e nas unidades básicas de saúde de Ceilândia Sul, Ceilândia Norte e Pôr do Sol.

A médica Lucilene Florêncio superintendente da região de saúde oeste do Distrito Federal, explica que os critérios adotados para a distribuição dos profissionais foram baseados em questões técnicas. “O perfil de situação de vulnerabilidade e a falta de cobertura da saúde da família em algumas regiões de Ceilândia favoreceram a distribuição dos novos médicos para atender essas comunidades. Com os novos profissionais passamos a ter 45% de cobertura da saúde da família na cidade!”, esclarece a superintendente.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, conta que tem buscado soluções e parcerias juntamente com autoridades e o Governo de Brasília para diminuir a carência de médicos na cidade mais populosa do DF. “Somos uma das maiores cidades do país! A questão da saúde pública tem sido uma das prioridades deste Governo para Ceilândia. Trazer esses novos médicos é contribuir diretamente para a qualidade de vida da população local, além oferecer cobertura na área de saúde para quem mais precisa”, ressalta Marcelo Piauí.

 Nova UPA

Ceilândia também vai ganhar uma nova UPA até o final do ano. O espaço será construído na QNO 21, da Expansão do Setor O. A unidade terá capacidade de atendimento de 4,5 mil pessoas por mês. Serão mais 42 leitos de observação, 14 de emergência e 7 isolamentos.

A UPA de Ceilândia também contará com 2 a 3 médicos durante o dia e a noite. São aproximadamente 1,2 mil metros quadrados de área construída. O espaço contempla uma área para classificação de risco e primeiro atendimento; três consultórios; duas salas de urgência; seis de observação e um de isolamento. Também haverá espaço destinado para nove poltronas de medicação, reidratação e inalação.

Administração de Ceilândia priorizado a limpeza de terrenos públicos na cidade

A medida visa garantir a saúde da população, já que esses espaços atraem insetos, roedores e animais peçonhentos, além de favorecer a proliferação do mosquito Aedes transmissor da dengue, zica, chikungunya e febre amarela.

 

A Administração Regional de Ceilândia continua com serviços essências de manutenção na maior região administrativa do Distrito Federal. A limpeza pública tem sido uma das prioridades das equipes de trabalho. Diariamente terrenos públicos recebem a operação de limpeza com a retirada de lixo e entulho. Durante a semana passada, em apenas 5 dias, 700 toneladas de resíduos sólidos foram recolhidos com a parceria do programa GDF Presente, que contemplou diversas áreas da cidade como QNQ, QNR, CNR, Ceilândia Sul e Norte.

A Administração de Ceilândia alerta toda a comunidade sobre os perigos de descartar lixo e entulho em terrenos públicos, o que se torna um problema de saúde pública, já que esses espaços atraem insetos, roedores e animais peçonhentos, além de favorecer a proliferação do mosquito Aedes transmissor da dengue, zica, chikungunya e febre amarela.

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, explica que equipes realizam o monitoramento de pontos da cidade onde é comum essa prática, o que ajuda as frentes de trabalho a atuarem constantemente na limpeza destes terrenos, mas que a conscientização e a ajuda de toda a população são primordiais para manter a manutenção e o serviço de limpeza pública na cidade.

“Diariamente retiramos toneladas de lixo e entulho de Ceilândia! Nossa preocupação além de manter nossa cidade limpa é garantir a saúde, qualidade de vida e menos riscos de doenças trazidas pelo acumulo de lixo. Só as ações do poder público não são capazes de acabar com esse problema na maior região do DF! Precisamos da ajuda dos moradores onde cada um deve fazer sua parte”, ressalta Marcelo Piauí.

Legislação

A legislação vigente referente à Fiscalização de Limpeza Pública prevê a aplicação de multas para quem for pego jogando lixo em área pública que pode variar de R$ 114 a R$ 11 mil. Além disso, é considerado crime jogar em terrenos baldios ou becos qualquer tipo de resíduo, seja domiciliar, comercial, industrial, entulho de obra, restos de poda de árvores e plantas, entre outros, conforme Lei Distrital nº 972, de 11 de dezembro de 1995, que dispõe sobre os atos lesivos à limpeza pública.

 

 

Ceilândia contra a dengue

A operação integrada do GDF irá contemplar a maior região administrativa neste sábado (28)

 

Ceilândia  neste sábado (28), receberá a operação integrada do Governo do Distrito Federal no combate à dengue. Técnicos de Vigilância Ambiental e do Programa de Agentes Comunitários visitarão residências com o objetivo de identificar possíveis focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

O mutirão contra a dengue contará com 250 bombeiros militares, 100 agentes de vigilância ambiental, 15 viaturas do CBMDF e 10 viaturas da Vigilância Ambiental. Os serviços começarão das 8h até às 14h, e contemplarão Ceilândia, Sol Nascente e Pôr do Sol.

A operação conta com a parceria da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal e Casa Civil, Secretaria de Estado de Governo, Secretaria de Agricultura, Administração de Ceilândia, CBMDF, Secretaria de Meio Ambiente, Defesa Civil, Secretaria de Educação, Subsecretaria de Vigilância à Saúde e Serviço de Limpeza Urbana – SLU/DILUR, Diretoria de Vigilância Ambiental (DIVAL ), Superintedências Regionais de Saúde, Secretaria Executiva de Políticas Públicas, Secretaria Executiva de Cidades, Secretaria de Comunicação, Emater, Novacap, Caesb, Fepecs, Ibram  e DF Legal.

Administração de Ceilândia oferece drive-thru para vacinação contra a gripe a partir desta quinta-feira (26)

 

As doses serão oferecidas até sexta-feira (27), das 8h30 às 17h. Nesta primeira fase de imunização apenas pessoas de 60 anos ou mais serão atendidas.

 

A Administração Regional de Ceilândia em parceria com a Superintendência Regional Oeste de Saúde oferece a partir desta quinta-feira (26), a opção de Drive-Thru para a vacinação contra a gripe. Os idosos de 60 anos ou mais da maior região administrativa do DF poderão receber a vacina sem sair do carro. A medida foi implementada com o intuito de evitar aglomerações e reduzir os riscos de contágio da Covid-19.

O atendimento será até sexta-feira (27), das 8h30 às 17h, na Administração Regional de Ceilândia. A Unidade Básica de Saúde 5 de Ceilândia também oferece o Drive-Thru. Nesta primeira fase de vacinação contra a Influenza será imunizado apenas pessoas maiores de 60 anos e profissionais da saúde.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, explica que a iniciativa é dar mais celeridade durante a vacinação, além de maior conforto e segurança para a comunidade idosa de Ceilândia. “Estamos fazendo nossa parte abrindo mais locais de vacinação. A Administração de Ceilândia é localizada em um ponto estratégico da cidade, assim podemos atender um maior número de idosos. Evitando aglomerações e reduzindo os riscos de contágio”, diz o administrador.

A vacinação será distribuída por ordem alfabética, de acordo com primeiro nome do registro civil. Por isso, não se esqueça de levar um documento de identificação. O acesso dos veículos se dará pelo estacionamento lateral, ao lado do Supermercado Extra.

26/3: Idosos cujo nome comece com as letras P, Q, R, S, e T.

27/3: Idosos cujo nome comece com as letras U, V, W, X, Y e Z.

Local: Administração Regional de Ceilândia – Área Especial QNM 13, Ceilândia Sul.

 

 

 

 

Administração Regional de Ceilândia em parceria com o DF Legal fiscaliza comércios

 

A Administração Regional de Ceilândia em parceria com o DF Legal realizou neste sábado (20), a fiscalização de estabelecimentos comerciais entre bares, distribuidoras, lojas de móveis, salões de beleza, lanchonetes entre outros que descumpriram ao Decreto 40.539, que suspende as atividades de atendimento ao público no DF. A suspensão também contempla missas e cultos.

A operação foi realizada nas Vias Leste e do P Norte e contou com o apoio do 10 Batalhão de Polícia de Ceilândia.

O objetivo da operação é combater a proliferação do novo coronavírus na maior cidade do DF e irá continuar na região.

Poderão funcionar apenas:

Clínicas médicas,
Laboratórios,
Farmácias,
Postos de gasolina,
Mercados,
Lojas de materiais de construção,
Padarias,
Atacadistas,
Peixarias,
Operações de delivery.

O decreto foi publicado no início da noite desta quinta-feira e vale até 5 de abril. Também ficam prorrogadas até a data todas as medidas restritivas anunciadas pelo Governo do Distrito Federal.

 

 

*Administração de Ceilândia atua  no enfrentamento ao COVID-19 (Coronavírus)* 

 

 As medidas são tomadas em alinhamento com o Governo do Distrito Federal na construção de ações estratégicas que visem à prevenção junto à comunidade Ceilandense no combate ao novo vírus

A Administração Regional de Ceilândia em reação ao avanço do novo coronavírus atua no enfrentamento da disseminação do COVID-19. O grupo de trabalho realiza diariamente reuniões com equipe multissetorial, e a Superintendência Regional Oeste de Saúde que ajuda na tomada de decisões e na construção de ações estratégicas que visem à prevenção junto à comunidade Ceilandense no combate ao novo vírus. 

A coordenação dos trabalhos é da Administração de Ceilândia,  que constantemente estão em contato com órgãos do GDF, da Superintendência Regional Oeste de Saúde, da Secretaria de Saúde, dos batalhões da PM, do Instituto de Gestão  Estratégica de Saúde (IGESDF) e o DF Legal, para juntos debateram planos para amenizar as consequências da disseminação do coronavírus, que já é prevista por órgãos como o Ministério da Saúde.

Várias medidas efetivas já foram tomadas pela Administração de Ceilândia para combater a disseminação do COVID 19 entre elas a liberação de servidores para o teletrabalho, além de manter os serviços de manutenção na infraestrutura da cidade como a limpeza urbana na retirada de lixo e entulho de terrenos públicos, que também evita os focos do mosquito Aedes aegypti que transmite a dengue, Zika e Chikungunya.

 O administrador de Ceilândia explica que os esforços estão concentrados em preparar a cidade para um eventual caso de coronavirus, além de conscientizar à população de adotar medidas necessárias contra o COVID 19. “Estamos tentando nos adiantar, preparando estratégias, para um cenário de crescimento de casos. Estamos a todo tempo monitorando os dados e constantemente em contato com órgãos do Governo do Distrito Federal, mas a comunidade também deve fazer sua parte quando possível evitar sair de casa” enfatiza Marcelo Piauí. 

O Administrador   também ressalta que o Decreto 40.539/2020, do governador Ibaneis Rocha, para fechar de forma temporária o comércio de todo o Distrito Federal, deve ser respeitado e que é uma medida importante para conter a propagação do COVID 19, e pede a compressão dos empresários locais. “Estamos com canal direto com o DF Legal e fiscalizando quem desrespeitar o Decreto. Precisamos entender a importância de não ter aglomeração neste momento por conta do coronavirus”, ressalta o administrador. 

A Administração de Ceilândia também acompanha as decisões do governo do Distrito Federal para garantir a segurança da população e evitar a proliferação do Covid-19 entre elas estão: 

• Suspensão dos alvarás para realização de eventos, culturais, artísticos e esportivos como também o indeferimento de novos pedidos de alvarás conforme a prorrogação do Decreto N° 40.509, ou quando perdurar novas medidas tomadas pelo Governo do Distrito Federal;

• Suspensão das atividades sociais, esportivas e recreativas desenvolvidas pela Gerência de Cultura e Esporte da Administração de Ceilândia: Esportes, Ação Social, Política Sobre Drogas, Meio Ambiente entre outras atividades;

• Suspensão de todos os eventos internos da Administração de Ceilândia, que envolva aglomeração de pessoas, exemplo: CIPA, Treinamentos, Coletivas de Imprensa e afins;

• Orienta a população desde já, a evitar frequentar estabelecimentos que gerem aglomeração de pessoas;

• Alerta a população que só procurem os serviços de saúde nos casos de real necessidade, para evitar sobrecarga nos estabelecimentos de saúde, além do que, os ambientes ambulatoriais e de pronto atendimento, são locais vulneráveis e suscetíveis a maior contaminação de pessoas;

• Caso necessário acionar a rede hospitalar no sentido de executarem um plano de contingenciamento para a disponibilização de leitos na rede pública.

O grupo de trabalho  estará monitorando a possível evolução dos casos suspeitos de coronavirus e novas medidas podem ser tomadas, em alinhamento com o Governo do Distrito Federal, mediante a evolução ou a involução dos possíveis casos, em Ceilândia. Também a comunidade pode denunciar os estabelecimentos que estão desobedecendo ao Decreto 40.539/2020, por meio da Ouvidoria do GDF 162, opção 2, ou 190.

 

Em apenas dois dias a operação retirou pneus, móveis e utensílios domésticos em desuso, móveis e entulho. A iniciativa da Administração Regional também tem como objetivo combater possíveis focos do mosquito Aedes aegypti que transmite a dengue, Zika e Chikungunya

 

 A operação iniciada pela Administração Regional de Ceilândia nesta quarta-feira (19), já recolheu cerca de 120 toneladas de lixo e entulho pelas ruas da cidade entre pneus, móveis e utensílios domésticos e resto de obras, além de combater os focos do mosquito Aedes aegypti que transmite a dengue, Zika e Chikungunya. 

A ação de iniciativa Administração de Ceilândia visa manter a maior região do Distrito Federal limpa e pede a conscientização de toda à população para não descartar lixo e entulho em terrenos públicos da cidade. Viver em comunidade exige algumas responsabilidades, entre elas o cuidado com os espaços de uso comum. Mais que obras e serviços do poder público, atitudes individuais também fazem a grande diferença na limpeza da região.

A operação conta com quatro caminhões caçamba com capacidade, cada um, de transportar cerca de 14 toneladas por viagem, além de empregar equipes da própria administração.

Para o administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, a operação além de contribuir para uma cidade mais limpa também visa combater criadouros do mosquito da dengue. “Estamos retirando e recolhendo das ruas da cidade todo tipo de entulho, principalmente móveis e utensílios  domésticos. Já foram cerca de 120 toneladas em apenas dois dias de operação. Pedimos à comunidade que também colabore e descarte esse tipo de material em locais adequados”, ressaltou Marcelo Piauí.

A operação de limpeza contemplou as quadras QNN 05, QNN 09, QNM 16 e QNM 24, em Ceilândia Norte, e QNM 15, em Ceilândia Sul. A Administração de Ceilândia ressalta que as ações de limpeza irão continuar, uma vez que se trata de uma atividade contínua que integra o processo de manutenção da cidade.

 

Nota de esclarecimento

 

A Administração Regional de Ceilândia, em atendimento ao Decreto n° 40.528, publicado nesta terça-feira (17 de março de 2020), informa que atuará, nos próximos dias, em regime de plantão, com equipes reduzidas para a realização de serviços de manutenção e melhorias na infraestrutura da cidade.  A medida acompanha as decisões do governo do Distrito Federal para garantir a segurança da população e evitar a proliferação do Covid-19.

Portanto, a Administração Regional solicita a colaboração de toda a comunidade no sentido de evitar o descarte de lixo e entulho em áreas públicas, de modo a combater os criadouros do mosquito Aedes aegypti transmissor da dengue, chikungunya e zika.

Nesta terça-feira (17), várias equipes da Administração Regional de Ceilândia percorreram vários pontos da cidade e realizaram a manutenção de vias, limpeza de bueiros e operação tapa-buracos.  Também diversas paradas de ônibus desde a semana passada receberam a limpeza e retirada de lixo. A medida além de assegurar maior conforto e higiene para os usuários também visa combater possíveis criadouros do mosquito da dengue.

A Administração de Ceilândia ressalta que as ações são constantes e permanentes para a melhoria da infraestrutura da cidade, uma vez que se trata de uma atividade contínua que integra o processo de manutenção da região.

Confira o que já foi realizado pelas equipes da Administração:

  • Recuperação asfáltica na QNM 19, em Ceilândia Sul;
  • Recuperação asfáltica na QNO 3 do Setor O;
  • Recuperação asfáltica na EQNN 17/19, em Ceilândia Norte;
  • Levantamento de recuperação asfáltica (tapa buraco) nas quadras da QNM 01- QNM 03- QNM 05- QNM 07 – QNM 09 da Ceilândia Sul.
  • Limpeza de paradas de ônibus na EQNO 2/4, 3/5, 11/13, 13/15 Setor O;
  • Limpeza de boca de lobo na Via NM 03 em frente a QNO 16 Expansão do Setor O;
  • Manutenção de PV (poço de visita) de águas pluviais na QNM 03, em Ceilândia Sul
  • Recuperação de estrada vicinal no núcleo Rural Alexandre Gusmão Incra 07 Gleba 03.

 

Os serviços de melhorias estão sendo executados em diversos pontos da cidade. As benfeitorias irão continuar atendendo Vias principais, ruas e conjuntos residenciais

 

Para garantir as melhorias na infraestrutura de Ceilândia, a Administração Regional realiza constantemente os trabalhos de manutenção na região administrativa. Os serviços estão sendo executados obedecendo cronograma de prioridades e de atendimento as demandas da comunidade. Nesta segunda-feira (16/3), os trabalhos de tapa-buracos, limpeza de bueiros, roçagem de mato, poda de árvores e limpeza de paradas de ônibus foram realizados na Ceilândia Sul e Norte, P Norte e Setor O.

As principais avenidas próximas ao Centro Olímpico do Setor O foram contempladas com a operação tapa-buracos, limpeza e desobstrução de bocas de lobo. Também equipes técnicas da Administração de Ceilândia percorreram ruas e conjuntos das quadras QNM 17, 21, 23 e 25, em Ceilândia Sul, para levantamento e recuperação asfáltica da região.

Outros serviços de poda de árvores foram executados na Avenida principal em frente ao Centro de Ensino Médio 02, em Ceilândia Norte.  A medida além de garantir a segurança de motorista e pedestres, também visa a manutenção e a prevenção da queda de energia devido a galhos encostam na rede elétrica.

A roçagem do mato também foi realizada nas Áreas Especiais entre o P Norte e o setor de oficinas do Setor O.  A estrada Rural Alexandre Gusmão localizada no Incra 07, recebeu melhorias e o nivelamento do solo. Um pedido da comunidade rural que vem sendo atendido pela Administração de Ceilândia.

Confira o que foi realizado nesta segunda-feira (16/3):

 

  • Recuperação asfáltica principais avenidas próximas ao Centro Olímpico do Setor O
  • Recuperação de estrada vicinal no núcleo Rural Alexandre Gusmão Incra 07;
  • Limpeza e manutenção de boca de lobos, Expansão do Setor;
  • Levantamento de recuperação asfáltica (tapa buraco) nas quadras da QNM 17-QNM 21-QNM 23 QNM 25, em Ceilândia Sul;
  • Limpeza de paradas de ônibus – QNM 1/3, 2/4 e 7/5 e nas QNN 6/8 e10, Ceilândia Sul

 

   

 

 

 

 

Limpeza de terrenos públicos, desobstrução de boca de lobos, roçagem do mato, poda de árvores e operação tapa-buracos foram realizadas nesta semana de 9 a 13 de março, em diversos pontos da região

 

Dando continuidade as ações de melhorias na infraestrutura da maior região administrativa do Distrito Federal, a Administração de Ceilândia realizou entre os dias 9 a 13 de março diversos serviços como Limpeza de terrenos públicos, desobstrução de boca de lobos, roçagem do mato, poda de árvores e operação tapa-buracos. Os trabalhos contam com diversas equipes que atuam em diversos pontos da cidade.

As benfeitorias realizadas fazem parte do mutirão de infraestrutura e conta com equipes próprias da Administração Regional e terceirizadas da Novacap. Os serviços estão sendo executadas conforme a solicitação da comunidade, dando prioridade as principais ruas e avenidas das região administrativa, além de atender demandas emergências.

Confira o que foi realizado entre os dias 9 a 13 de março:

  • Limpeza de parada de ônibus QNP 5/9, 6/8, 10/14, 12/16, 9/13, 13/17, 16/20, 26/30, 30/34, 38 e QNN 18/20 e QNN 40;
  • Implantação de ondulação na QNR Área Especial frente à Escola Classe 68 e na QNO 02/04, Setor O;
  • Rebaixamento de meios-fios para acessibilidade na Escola Classe 18 EQNM 03/05, Ceilândia Sul;
  • Acessibilidade na EQNO 05/07, Setor O
  • Recuperação asfáltica nas ruas 01 a 13, no Condomínio Privê;
  • Levantamento de recuperação asfáltica (tapa-buraco) nas quadras QNP 24, QNP 28, QNP 32 e QNP 36, Setor P Sul
  • Recuperação asfáltica na Via EQNO 01/03 e 02/04 do Setor O;
  • Recuperação asfáltica da QNM 19, Ceilândia Sul;
  • Recuperação de estrada vicinal no núcleo Rural Alexandre Gusmão Incra 07 Gleba 03;
  • Recuperação asfáltica na lateral da QNP 20;
  • Recuperação asfáltica na EQNN 04/06 Ceilândia Sul;
  • Recuperação asfáltica Avenida Hélio Prates;
  • Poda de Árvore na QNR 03 Posto de Saúde n°12;
  • Remoção de entulho no Condomínio Privê;
  • Remoção de entulhos na EQNO 17/18 Expansão do Setor O;
  • Retirada de entulho e galhas, no Centro de Ensino Médio 03;
  • Remoção de entulho na QNN 11, Área Especial
  • Roçagem manual na quadra 5/7 Setor O;
  • Raspagem de campo na EQNN 08/10 na EQNM 1/3; Ceilândia Sul;
  • Recuperação de bocas de lobo na QNP 27, P Norte;
  • Roçagem de mato na 23° Delegacia de Polícia do P. Sul;
  • Roçagem de mato na creche do Papagaio, na QNP 6/10;

Na manhã desta quinta-feira (12/3), o Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, e o chefe de gabinete Cléber Monteiro juntamente com equipe técnica visitaram à comunidade rural da cidade. A visita teve como um dos objetivos conhecer os potenciais da região e fomentar ações para o desenvolvimento do ecoturismo.

Um dos locais visitados foi a Chácara Das Águas, próximo ao condomínio Prive. A área possui mata riquíssima do cerrado, além de preservar uma bela cachoeira.

Para o Administrador de Ceilândia, a zona rural da cidade precisa ser reconhecida por todos e que a ideia é contribuir para o desenvolvimento da região , colaborando para a proteção da área de mananciais e fortalecendo a cadeia de valor da agricultura e da alimentação juntamente em parceria com os produtores ruruais e chacareiros de Ceilândia.

 

Com atividades educativas, palestras e teatro do Aedes aegypti, além de distribuição de panfletos, a Secretaria de Educação do DF, juntamente com a Coordenação Regional de Ensino de Ceilândia, realizarão a Campanha de Conscientização e Alerta Contra à Dengue nas 97 Escolas da região, nesta quarta-feira (11/3), às 9h, no Centro de Ensino Médio 03 de Ceilândia.

As ações na comunidade escolar fazem parte da programação do Dia D de Combate à Dengue e conta com o apoio da Administração Regional de Ceilândia, da Vigilância Ambiental em Saúde de Ceilândia, da Policia Militar, do Corpo de Bombeiros do DF, do Detran, da Secretaria de Saúde e do Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal (SLU).

A abertura do programa “ Educação de mãos dadas contra o Aedes aegypti” contará com diversas atividades, tais como palestras e apresentação de teatro para os estudantes de diversas Escolas. Também haverá uma caminhada de conscientização com a distribuição de material sobre a dengue, além de ação de vistoria da Diretoria de Vigilância Ambiental em Saúde (Dival), e com o apoio de cerca de 150 militares do Corpo de Bombeiros e garis do SLU.

Durante o percurso da caminhada, os Agentes de Combate às Endemias mostrarão como evitar situações favoráveis ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela. Dentro de garrafas pet, os alunos conhecerão a evolução do mosquito nas formas de ovo, larva, pupa e adulto, como ele se reproduz, e aprenderão a identificar possíveis focos.

 

Serviço:

A abertura do programa “ Educação de mãos dadas contra o Aedes aegypti”

Data: 11/03/2020

Hora: 8h30min

Local: Centro de Ensino Médio 03 de Ceilândia – Qnn 13 – Área Especial – Ceilândia Sul – próximo à Administração Regional de Ceilândia.

Administração Regional de Ceilândia pensando em parceiras e alternativas para combater o descarte de lixo irregular na cidade na manhã deste domingo (8/3) se reuniu com os carroceiros da cidade para firmar parceria.

O projeto prevê inicialmente a instalação de seis pontos para receber os resíduos sólidos, cada um, com duas caixas coletoras em pontos estratégicos de Ceilândia previamente apontados pelos carroceiros.

O programa de iniciativa da Administração de Ceilândia conta com a parceria do SLU, da empresa de limpeza Sustentável, da Secretaria de Saúde e do DF Legal.

A reunião contou com a presença do administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, do presidente do SLU Felix Palazzo, do chefe de gabinete do deputado Fernando Fernandes, do representante dos carroceiros de Ceilândia João Paulo e da liderança de Ceilândia Dona Domeci.

A Administração Regional de Ceilândia abriu as portas de sua casa neste sábado (7/3), para receber os moradores da cidade e a Câmara Legislativa com a previa do programa “Câmara Mais Perto de Você”, que leva sessões deliberativas do Legislativo às cidades do Distrito Federal.

Participaram do evento o Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, e o chefe de gabinete Cléber Monteiro, além do deputado Rafael Prudente e diversas lideranças comunitárias da cidade.

O administrador ressaltou que essa iniciativa é de suma importância para a construção de um diálogo direto com a comunidade local e que, cada vez mais, a Administração estará pautada em uma gestão compartilhada, ouvindo os moradores e atendendo e dando andamento as suas demandas junto aos órgãos competentes.

No formato atual, Câmara Mais Perto de Você acontece em duas etapas, totalizando três dias. No sábado anterior ao evento, líderes comunitários da cidade, mediante convite prévio, participam de uma oficina sobre os papeis do poder Legislativo e encaminham as principais propostas que serão apresentadas no “Câmara Mais Perto de Você”. O encontro com a população acontece em dois dias. No primeiro, os oradores fazem inscrição para comunicar as demandas em uma sessão com a presença dos deputados. No segundo dia, integrantes do Executivo são convidados a trazer, durante a sessão, respostas para as demandas apresentadas.

A “Câmara Mais Perto de você” convida o povo a participar, nos dias 17 e 18 próximos, as 9h, da audiência pública na cidade.

A Administração Regional de Ceilândia informa que nesta terça-feira (3/3), diversos serviços de manutenção foram realizados na cidade. Frentes de trabalho estão realizando melhorias em diversos pontos da cidade com equipes próprias, terceirizadas e da Novacap.

Também em parceria com a nova Administração do Sol Nascente/Pôr do sol, Novacap e Administração de Ceilândia, equipes realizaram a recuperação asfáltica de ruas do condomínio Pôr do Sol. Além disso, bocas de lobo da Avenida Elmo Serejo, na altura do P Sul, foram limpas e desobstruídas.

Com a realização dos serviços, as bocas de lobo receptoras do sistema de drenagem terão capacidade de captar um maior volume de águas das chuvas, melhorando as condições de fluência e evitando pontos de alagamento.

Confira o que foi realizado hoje:

• Recuperação asfáltica na Via de acesso aos Conjuntos da QNN 06, Ceilândia Sul;

• Recuperação asfáltica na QNP 10 Conjuntos O, P e R do Setor P Sul

• Limpeza de boca de lobos na Via Elmo Serejo P Sul;

• Limpeza de parada de ônibus EQNP 5, 7/11, QNN 19/21, QNP 05;

• Recuperação asfáltica no Condomínio Pôr do Sol (Adm. Sol Nascente/Dirob ADM Ceilândia/Novacap);

• Remoção de entulhos na QNM 29 Área Especial Ceilândia Sul (Dirob)

• Poda de árvores na QNQ 3/4.

O mutirão de limpeza desde janeiro contempla terrenos públicos removendo móveis velhos, resto de obras, pneus e eletrodomésticos quebrados.

Dando continuidade às ações de manutenção na maior cidade do Distrito Federal, a Administração Regional de Ceilândia desde janeiro tem realizado um mutirão de limpeza e tirando das ruas cerca de 40 toneladas de lixo por dia. Diariamente terrenos e áreas públicas são contempladas com a retirada móveis velhos, resto de obras, pneus e eletrodomésticos quebrados.

Para a realização dos serviços são utilizadas 3 caçambas com capacidade de transportar, cada uma, entre 10 a 15 toneladas, e duas pás mecânicas. A Administração ressalta que a limpeza na maior cidade do DF tem sido constante e diariamente, mas muitas vezes os terrenos são limpos e voltam a ser sujos pela comunidade. Por isso, a Administração pede também o apoio da comunidade para não fazer o descarte irregular de lixo.
A Administração de Ceilândia ressalta que só na operação Ceilândia Limpa, que foi realizada entre os dias 6 a 17 de janeiro, foram retiradas mais de 10, 3 mil toneladas de entulho de terrenos e áreas públicas da cidade.

Legislação
A legislação vigente referente à Fiscalização de Limpeza Pública prevê a aplicação de multas para quem for pego jogando lixo em área pública que pode variar de R$ 114 a R$ 11 mil. Além disso, é considerado crime jogar em terrenos baldios ou becos qualquer tipo de resíduo, seja domiciliar, comercial, industrial, entulho de obra, restos de poda de árvores e plantas, entre outros, conforme Lei Distrital nº 972, de 11 de dezembro de 1995, que dispõe sobre à limpeza pública.

As feiras são pontos de encontro dos moradores de Ceilândia, e também representam o maior percentual econômico da região. Pensando na importância dos espaços para o desenvolvimento econômico e cultural para a maior região do DF, o administrador regional de Ceilândia, Marcelo Piauí, o chefe de gabinete Cléber Monteiro e o Deputado Chico Vigilante se reuniram com os representantes das feiras nesta sexta-feira (28/2).

Durante o encontro várias pautas e demandas foram discutidas como segurança, infraestrutura e limpeza das feiras. Por meio do núcleo de Gerência de Feiras de Ceilândia, os representantes puderam tirar dúvidas e receber orientações sobre os procedimentos e processos legais quanto a autorização e funcionamento dos boxes. A iniciativa da Administração tem como um dos objetivos o diálogo direto com os feirantes e ouvir as necessidades e reivindicações para a cada dia melhorá-la.

O Administrador ressaltou que a Administração de Ceilândia está à disposição para prestação de um serviço célere e cordial aos feirantes os auxiliando para esclarecimentos de acordo com à legislação vigente.

Compareceram à reunião os representantes: Feira Central, Feira dos Artesãos, Feira do Produtor, Feira da Guariroba e Feira do P Sul, Feira do Setor O, Shopping Popular, Feira Livre do Guarapari e Afeprace.

A Administração de Ceilândia informa que equipes de manutenção de vias estão realizando o serviço em diversos pontos da cidade com equipes próprias, terceirizadas e da Novacap. A Administração reforça que desde janeiro tem intensificado os reparos e tem atendido as situações emergências feitas pela comunidade. Na semana passada, as equipes realizaram diversos serviços de recapeamento nas Ceilândia Sul e Norte, P Sul, P Norte e Setor O.

A operação tapa-buracos além de atender ruas e avenidas segue a seguinte ordem: vias principais e secundárias. A operação conta com 5 equipes de trabalhadores, duas da própria da Administração, duas da Novacap e três terceirizadas que atuam em diversas frentes de Ceilândia, além de dois caminhões com capacidade de armazenar, cada um, de 10 a 15 toneladas de massa asfáltica, e máquinas, como um rolo compressor, cedidos pela Novacap.

A Administração de Ceilândia ressalta que as ações são constantes e permanentes para a melhoria da infraestrutura da cidade, uma vez que se trata de uma atividade contínua que integra o processo de manutenção da região.

 

A Administração Regional de Ceilândia em parceria com a Novacap e o Governo de Brasília iniciou desde janeiro uma série de serviços e benfeitorias na cidade. Nesta quinta-feira (20), equipes da Administração com apoio da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) retiraram cerca de 10 toneladas de lixo e entulho de bocas de lobo, na Área Central da cidade.

Equipes da Administração de Ceilândia realizaram a desobstrução, limpeza e readequação de 20 boca de lobos. A operação está atendendo uma demanda antiga dos moradores, que no período das chuvas reclamavam dos constantes alagamentos e enchentes na região.

Com a realização dos serviços, as bocas de lobo receptoras do sistema de drenagem de Ceilândia Centro terão capacidade de captar um maior volume de águas das chuvas, melhorando as condições de fluência e evitando pontos de alagamento. Os serviços de limpeza também estão sendo realizados, com o auxílio do caminhão hidrojato, um caminhão caçamba e uma retroescavadeira.

A administração de Ceilândia ressalta o que mais afeta e compromete a captação e escoamento das águas das chuvas é o descarte irregular do lixo, já que a cidade possui uma das maiores redes de aguas pluviais do Distrito Federal.

Ceilândia limpa

A ação durou 11 dias e foi realizada entre os dias 6 a 17 de janeiro. Durante o período, equipes atuaram nos principais pontos da cidade, mais de 100 pessoas envolvidas, 90 máquinas e 10.399 toneladas de entulho retirados.

Foram recolhidas 325 toneladas de galhos, e 24 mil m2 de área foram limpos com ajuda de máquinas. Foram usadas 165 toneladas de massa asfáltica foram para recuperação das vias e tapa buracos, e 671 bocas de lobo passaram por manutenção. Além disso, também foram desobstruídos 427m poço de visita, 26 paradas de ônibus foram limpas e 57,7 m3 de área podada.

 

Nesta quarta-feira (19), várias equipes da Administração Regional de Ceilândia percorreram vários pontos da cidade e realizaram a manutenção de vias e a retirada de lixo e entulho. Também atendendo um pedido da comunidade dezenas de carcaças de carros foram retiradas de diversos pontos e áreas públicas de Ceilândia combatendo locais propícios a proliferação do mosquito da dengue.

A Administração de Ceilândia ressalta que as ações são constantes e permanentes para a melhoria da infraestrutura da cidade, uma vez que se trata de uma atividade contínua que integra o processo de manutenção da região.

Confira o que já foi realizado HOJE pelas equipes da Administração:

*Serviços de recuperação, desobstrução de boca de lobos

* Operação tapa-buracos e recuperação de vias e ruas

* Poda de árvores e recolhimento de galhos

* Limpeza de paradas de ônibus e retirada de lixo e entulho de áreas públicas

*Recuperação da estrada vicinal, no núcleo rural Guariroba

*Recuperação da estrada vicinal, no núcleo rural Monjolinho

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros